BMW faz recall em sete modelos no Brasil

Um total de 158 unidades das Séries 3, 5, 6 e 7, do roadster Z4 e dos SUVs X3 e X5 fabricados entre 1994 e 2008 terão vários itens verificados e trocados pela BMW

bmw
BMW X5 dos anos 2000 é um dos modelos envolvido em chamada para verificações Crédito: Foto: Mauricio de Souza/Estadão

A BMW fará um recall em 158 unidades das Séries 3, 5, 6 e 7, nos Z4 e nos SUVs X3 e X5 vendidas no Brasil. As unidades foram fabricadas entre 1994 e 2008 e terão uma série de componentes trocados por diferentes motivos.

Entre os Série 3, serão verificados itens como suportes de amortecedores dianteiros e interruptor das luzes de freio. Se necessário, as peças serão trocadas para sanar defeitos de fábrica. Há unidades das versões 320i, 323i, 323Ci, 328i e 330i fabricadas entre 1999 e 2001. Os 330i ainda poderão ter as rodas trocadas, já que as de fábrica podem permitir perda rápida de pressão nos pneus e consequente perda do controle da direção.

Os Série 5 terão os módulos gerais de comando trocados, amortecedores e interruptores de luzes de freios verificados e até um novo anel de retenção da linha de combustível. Estão envolvidas unidades das versões 530i, 540i, 545i e 550i fabricadas entre 1994 e 2006.

Uma unidade do Série 6 de 2004 também terá instalado um novo anel de retenção da linha de combustível. Sem ele, o cupê pode apresentar vazamento de gasolina no caso de uma colisão severa.

Os 750i de 1995 poderão ter o eixo traseiro trocado, por perigo de quebra do cubo de roda traseiro direito. O defeito pode ocasionar acidentes graves. Uma unidade do 750i de 2006 terá os amortecedores traseiros trocados, já que as unidades de fábrica podem se desprender do carro.

Os Z4 fabricados em 2003 terão a bomba de combustível verificada. Se necessário, a BMW vai instalar uma resistência para sanar eventuais panes gerais no motor.

X3 e X5 terão vários itens verificados

Uma unidade do X3 2.0d de 2008 terá o sistema de aquecimento do filtro de combustível trocado. A peça original pode causar descarga da bateria e curto circuito, com possível incêndio do veículo.

Entre os X5, os 3.0i fabricados entre 2000 e 2001 terão o pedal do freio verificado. A peça pode apresentar folga que impede o acionamento dos freios do SUV. Já os 4.4i fabricados entre 1999 e 2004 terão a unidade de comando do motor trocada. A BMW também vai verificar os parafusos do diferencial verificados, bem como interruptor de posição da transmissão. O SUV pode ter até mesmo os cintos de segurança trocados, por perda precoce da ação restritiva.

A versão 4.8is do X5 fabricada em 2005 terá a placa guia do bloqueio da transmissão trocada. O problema pode permitir que o veículo se movimente mesmo com o câmbio em P. Já a versão xDrive48i fabricada entre 2006 e 2006 ganhará um novo aterramento na tubulação de combustível e na bobina de ignição, para evitar falhas no motor. A tampa do reservatório do fluído de freio também será verificada e, se necessário, trocada. Um problema pode causar perda de eficiência nos freios do utilitário.

A marca disponibiliza o telefone 0800 019 7097, ou seu site para maiores informações sobre os carros envolvidos.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas