Redação

27.06.2019 | 19:58 Atualizado: 28.06.2019 | 12:03

Honda chama 27 mil carros para recall de air bag

São 27.555 unidades de Accord, Civic, CR-V e Fit produzidos entre 2000 e 2008 com air bag da Takata. Honda recomenda consulta no site da montadora para recall

air bag
Honda Fit da primeira geração é um dos modelos envolvidos na chamada Crédito: Foto: Honda/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Honda vai fazer mais uma rodada de chamamentos para trocar o insuflador do air bag do passageiro de Accord, Civic, CR-V e Fit produzidos entre 2000 e 2008. São 27.555 veículos envolvidos no recall, que poderão agendar o serviço a partir do próximo dia 8 de junho.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

A ação é parte ainda do recall dos air bags da Takata, que atingiu milhões de veículos no mundo todo. Com a ação do tempo, a carcaça do insuflador pode se deteriorar e se desprender no caso de um acidente com abertura dos air bags. Umidade e temperaturas altas podem diminuir resistência da carcaça do insuflador.

Caso isso ocorra, fragmentos do componente podem ser projetados contra os ocupantes, causando ferimentos graves ou até fatais.

SIGA O JORNAL DO CARRO NO INSTAGRAM

Air bag polêmico

A marca ressalta que há unidades envolvidas neste recall que já foram chamados de volta às concessionárias para outros reparos. Além disso, os chassis envolvidos não são sequenciais e a fabricante recomenda uma consulta ao seu site.

O agendamento do serviço pode ser feito pelo próprio site ou pelo telefone 0800-701-3432.

O problema

O caso, que atingiu carros em todo o mundo, incluindo o Brasil, envolveu mais de 30 marcas, entre elas as também japonesas Honda e Toyota que equipavam praticamente todos seus carros com esses componentes.

O deflagrador do air bag é uma peça responsável por inflar a bolsa na hora de um impacto e que fica envolvida por um revestimento metálico. Em caso de colisão, essa peça metálica se desfaz enchendo a bolsa em milissegundos.

o caso dos air bags defeituosos, fragmentos metálicos do deflagrador eram lançados na direção dos ocupantes dos bancos dianteiros, causando ferimentos e até mortes.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais