Defenda-se

O teto solar do Palio explodiu

Leitor diz que desconhece a causa do acidente e perdeu a confiança no carro

11 de dez, 2013 · 2 minutos de leitura.

O teto solar do Palio explodiu
Crédito:Leitor diz que desconhece a causa do acidente e perdeu a confiança no carro
Leitor diz que desconhece a causa do acidente e perdeu a confiança no carro

Ao trafegar pela Marginal Tietê com meu Palio, que tem cinco meses de uso, o teto solar simplesmente explodiu - eu e um amigo fomos feridos pelos estilhaços do vidro. O carro foi removido para a concessionária, onde passaria por perícia, e fui informado de que a Fiat arcaria com os reparos. Na hora da retirada, constatei que a repintura foi malfeita e havia bolhas, manchas e gotas de tinta. O serviço foi refeito, mas não explicaram o que havia causado o defeito, pois não apresentaram nenhum laudo. Perdi a confiança no veículo. - Fabricio Baghtchedjian, CAPITAL

Fiat responde: o carro foi reparado em garantia, sem ônus.

O leitor diz que vai pedir na Justiça a troca do veículo.

Advogado: se o carro foi totalmente reparado dentro do prazo legal de 30 dias, o leitor não tem direito à troca, a menos que o acidente venha a se repetir. Mas ele pode pedir indenização por danos morais e o reembolso de eventuais despesas médicas.


Leitor diz que desconhece a causa do acidente e perdeu a confiança no carro

Ao trafegar pela Marginal Tietê com meu Palio, que tem cinco meses de uso, o teto solar simplesmente explodiu - eu e um amigo fomos feridos pelos estilhaços do vidro. O carro foi removido para a concessionária, onde passaria por perícia, e fui informado de que a Fiat arcaria com os reparos. Na hora da retirada, constatei que a repintura foi malfeita e havia bolhas, manchas e gotas de tinta. O serviço foi refeito, mas não explicaram o que havia causado o defeito, pois não apresentaram nenhum laudo. Perdi a confiança no veículo. - Fabricio Baghtchedjian, CAPITAL

Fiat responde: o carro foi reparado em garantia, sem ônus.

O leitor diz que vai pedir na Justiça a troca do veículo.

Advogado: se o carro foi totalmente reparado dentro do prazo legal de 30 dias, o leitor não tem direito à troca, a menos que o acidente venha a se repetir. Mas ele pode pedir indenização por danos morais e o reembolso de eventuais despesas médicas.