Emily Nery

30/11/2020 - 5 minutos de leitura.

Hyundai tem recall de HB20 e Creta por defeito nos freios

Modelos fabricados no começo deste ano podem ter problema no cilindro mestre do freio. Mercedes anuncia recall de GLK 200 d e GLK 300

Hyundai HB20-NOVA-GERACAO-frente
Hyundai HB20-NOVA-GERACAO-frente Crédito:
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Hyundai anunciou nesta sexta-feira recall do HB20 e do Creta por problemas nos sistemas de freios. As unidades envolvidas no reparo foram produzidas entre os dias 2 e 8 de março deste ano, portanto, são ano/modelo 2020.

De acordo com a montadora, foi identificada uma possível contaminação do fluido de freio utilizado na linha de montagem da fábrica de Piracicaba (SP). Como resultado, o defeito pode atingir o cilindro mestre do freio. Isso pode surtir em uma redução do desempenho de frenagem quando ocorrer o acionamento do pedal de forma lenta e suave.



Contudo, em casos extremos, a disfunção pode acarretar em acidentes graves com lesões físicas graves e até fatais aos ocupantes do veículo. A Hyundai esclarece que os freios continuam funcionando, mas se o conduto perceber uma variação irregular ao frear, basta ele acionar repetitivamente o pedal do freio.

O proprietário pode agendar o recall por meio do telefone 0800 770 3355 ou pelo site www.hyundai.com.br/servicos/recalls. Então, o carro será inspecionado e o cilindro mestre de freio e do fluido de freio serão substituídos. A troca é gratuita e leva aproximadamente duas horas.

Confira os modelos envolvidos e seus respectivos chassis

Hyundai Creta 2020/2020: de LP062582 a LP075793

Hyundai HB20 2020/2020: de LP179040 a LP181272

Mercedes GLK 200 e GLK 350 também passarão po recall

A fabricante alemã anunciou no dia 31/10 que os modelos GLK 200 e GLK 350 fabricados entre fevereiro de 2012 e maio de 2015necessitariam de um recall para a troca do inflador do airbag. Agora, a Mercedes está convocando os proprietários dos respectivos veículos para troca.

A empresa averiguou que o inflador do airbag do passageiro, em condições climáticas de alta temperatura e umidade pode sofrer alteração química em seu propulsor. Essa mudança poderia aumentar a pressão interna a ponto de gerar o despendimento de pequenos fragmentos metálicos no momento da deflagração.

Mercedes-Benz GLK 250
Divulgação/Mercedes

Caso o airbag esteja defeituoso e ocorra um acidente que necessita da proteção do aparelho, o efeito de contenção do dispositivo de segurança ficará comprometido. Aumentando assim danos físicos que podem até ser fatais.

Os proprietários podem contatar o Credenciado de Serviços Mercedes-Benz para verificar se o seu veículo está envolvido no recall. O motorista pode agendar a partir de hoje (27), a data e local para inspeção do modelo e substituição gratuita do airbag frontal do passageiro. A troca tem duração aproximada de duas horas.  Para mais dúvidas, basta ligar no telefone 0800 970 9090 ou pelo site www.mercedes-benz.com.br.

Confira os chassis envolvidos

GLK 200 d (fabricados entre Agosto de 2012 a Maio de 2015 – WDCGG8EW5DF993093 a WDCGG8EW0FG438811

GLK 300 (fabricados em Fevereiro de 2012 a Setembro de 2012) – WDCGG9AW1DF856888 e WDCGG9AW7DG008945

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais