Renault faz recall de todos os Kwid vendidos

São quase 22 mil unidades do modelo com problemas nos freios ou no sistema de combustível

kwid
Renault Kwid Foto: Rodolfo Buhrer/Renault

A Renault está convocando quase todas as unidades produzidas do Kwid para correção de dois problemas de fabricação. O Jornal do Carro já havia antecipado a ocorrência de problemas com o modelo aqui.

O primeiro recall envolve 16.798 unidades do modelo, fabricadas entre março de 2016 e setembro de 2017. Eles terão a montagem do tubo de combustível verificada. Em alguns casos, a fixação errada do componente pode causar perfuração no tubo e vazamento de combustível.

O segundo problema está nos freios de 21.802 unidades fabricadas entre março de 2016 e novembro de 2017. O sistema pode trincar e ocasionar duas falhas distintas. Ou os freios perderão eficiência ou poderão travar as rodas. Ambos causarão perda de dirigibilidade e possíveis acidentes. A marca vai verificar e substituir componentes se necessário.

Mais recall

A fabricante também está chamando 13.026 unidades de Sandero, Logan, Duster e Oroch para verificação no sistema de direção hidráulica. As unidades foram feitas entre julho e outubro de 2016.

O componente pode se deteriorar e deixar vazar fluido hidráulico. Isso acarretará na perda da assistência à direção, com consequente endurecimento e dificuldade para mexer o volante.

Todas as correções serão feitas gratuitamente nas concessionárias da marca. Os proprietários do Kwid, no entanto, precisam agendar o serviço.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas