Você está lendo...
VW nega a troca em garantia da bateria de Golf de leitor
Defenda-se

VW nega a troca em garantia da bateria de Golf de leitor

Marca disse ao leitor que a cobertura de fábrica da peça é de apenas 12 meses, mas ele alega que manual não traz essa distinção

26 de out, 2016 · 8 minutos de leitura.

 VW nega a troca em garantia da bateria de Golf de leitor


VW alegou que cobertura da bateria é de apenas 12 meses, mas atendeu ao leitor

Meu Golf 2013/2014 não deu a partida e foi guinchado para a autorizada. Apesar de o carro estar na garantia, a VW negou a troca da bateria, dizendo que o prazo de cobertura da peça é de apenas um ano. Mas o manual do proprietário diz que apenas velas, pneus, correia, pastilhas e fluidos não são cobertos pela garantia total. A montadora alega que a bateria sofreu desgaste devido aos equipamentos elétricos do carro. Ora, como isso é possível, se ele tem um sistema que o protege desse tipo de ocorrência, desligando o sistema de som, as luzes internas e os faróis automaticamente? Para mim, houve defeito de fábrica na bateria ou no carro.
Leandro de Mattos Pimenta, CAPITAL


VW responde: prestamos todos os esclarecimentos cabíveis ao cliente.

O leitor diz que pagou pela bateria na concessionária e, em seguida, recebeu um chamado da montadora oferecendo a troca em garantia.

Advogado: durante o prazo de garantia, se a empresa não provar o desgaste natural da peça ou a culpa exclusiva do consumidor pela sua deterioração, não poderá se eximir de fazer a troca sem ônus.


Veja outras reclamações publicadas na coluna Defenda-se desta semana

FORD FIESTA
Incertezas quanto ao recall

Tenho um Fiesta 2014. Soube pela mídia que a Ford fez um recall para troca das fechaduras das portas de alguns modelos, inclusive o Fiesta. Pela lista publicada no site da montadora, o número de chassi do meu carro estava envolvido no chamado. Quando fiz a revisão, comentei sobre o assunto com o consultor e as peças só foram fornecidas pela fábrica depois de 53 dias. Agendei o reparo e, para meu espanto, o consultor acessou o sistema e disse que meu carro não estava incluído no recall, o que confirmei ligando para a central da Ford. Como pode um chassi estar dentro da numeração convocada, mas não fazer parte da campanha? Durante os 53 dias em que fiquei à espera do reparo, fiz alguns contatos com a concessionária e a Ford para saber se as peças haviam chegado e, em todos eles, forneci o número de chassi do meu carro. Perdi a confiança nas informações da Ford.
Saulo Lábaki Agostinho, CAPITAL


Ford responde: a questão foi resolvida.

O leitor diz que o carro dele passou pelos reparos previstos na campanha, mas a Ford não deixou claro se a unidade dele estava ou não envolvida no recall. Isso o deixou inseguro para confiar nas informações veiculadas pela marca em futuros recalls.

Advogado: a montadora tem a obrigação de informar ao consumidor se seu veículo está ou não envolvido em um recall. Trata-se de um direito garantido pelo Código do Consumidor. Se deixou de informá-lo corretamente e, por causa disso, uma falha mecânica séria não foi eliminada e provocou um acidente com o veículo, a empresa poderá ser responsabilizada.


AUDI A1
Reparo gratuito fora da garantia

Sei que a coluna é mais usada para reclamações. Mas acredito que o objetivo, além de ajudar a resolver os problemas dos leitores, é auxiliá-los na escolha da montadora em sua próxima compra. Tenho um Audi A1 2011, que comprei em 2013, ainda durante o período de garantia. Sempre fiz as revisões corretamente. Em maio deste ano, ele teve um problema sério no câmbio. O consultor repassou o diagnóstico à Audi, que autorizou o reparo sem ônus, mesmo tendo a cobertura de fábrica expirado. A Audi sabe que seus produtos, tendo bom uso, não devem apresentar esse tipo de problema. Fiquei muito satisfeito pela forma como fui tratado.
Frederico M. Eigenheer, CAPITAL

Audi responde: agradecemos as considerações do cliente em relação ao bom atendimento que recebeu da nossa concessionária e da Audi. Ficamos felizes em saber que os nossos esforços de prestar serviços de excelência aos clientes vêm sendo notados. Ficamos à disposição para interagir com o cliente, sempre que ele achar necessário.


O leitor agradece e diz que o carro não teve outros problemas.

Advogado: vale lembrar que, além da garantia contratual, a empresa também deve responder pelo produto durante o período de durabilidade de seus componentes, na chamada garantia legal.

Quer participar? Envie um resumo do problema com seu nome, RG, CPF, endereço com município e telefones de contato para o e-mail jcarro@estadao.com


Ford Ranger XLS 2.2 Diesel 4X4
Oferta exclusiva

Ford Ranger XLS 2.2 Diesel 4X4

Deixe sua opinião