Honda Accord híbrido faz mais de 20 km/l e custa um Volvo

Com certo atraso, a Honda entrou na disputa dos carros híbridos. O novo Accord e:HEV é o primeiro modelo eletrificado da marca japonesa no Brasil, mas chega três anos depois do Toyota Corolla híbrido flex, e vem caro: custa R$ 305 mil, ou seja, preço equivalente ao de um SUV de luxo, como um Volvo XC40. O trunfo do Accord híbrido é a mecânica capaz de entregar consumo baixíssimo. Nos testes, fez mais de 20 km/l de gasolina em alguns momentos. Feito em Ohio, nos Estados Unidos, o sedã conta com um motor elétrico de 184 cv e 32,1 mkgf que trabalha em conjunto com um 2.0 aspirado a gasolina de 145 cv e 17,8 mkgf. Tem, ainda, outro motor elétrico que atua como gerador de energia. Dessa forma, o 2.0 a gasolina opera, na maior parte do tempo, para alimentar o motor gerador, que, por sua vez, envia eletricidade ao motor elétrico principal, responsável por tracionar as rodas. Entretanto, o sistema da Honda também permite que o 2.0 atue como motor de tração em velocidades de