Blog do Boris Boris Feldman

01/02/2021 - 7 minutos de leitura.

15 mentiras sobre automóveis. Tão repetidas que viraram verdade

Existir mentira, sempre existiu. Mas o besteirol triunfou – de verdade – quando ganhou as redes sociais

oficina-despesa-manutencao-cara-shutterstock Crédito: Shutterstock

Existir mentira, sempre existiu. Mas o besteirol triunfou – de verdade – quando ganhou as redes sociais

Motor 16 válvulas não presta?

Boa parte dos modernos motores a combustão aplica a solução das quatro válvulas por cilindro para maior eficiência. Entretanto, os primeiros assim lançados no Brasil, na década de 90, eram mesmo problemáticos. E a fama ficou…

E o de três cilindros?

Com o downsizing, conquistou o mundo inteiro. Mas alguns “doutores“ em automóveis no Brasil defendem teses contrárias. Se menos sofisticados, podem apresentar uma ligeira e quase imperceptível vibração. Se são duráveis? Estão rodando firmes até hoje os DKW-Vemag produzidos no Brasil de 1957 a 1967, com motores tricilíndricos.

VEJA TAMBÉM:

Câmbio de dupla embreagem não é confiável?

Quem criou a imagem negativa desta excelente solução foi o Powershift da Ford, por problemas de manufatura ou projeto. Mas existem vários outros, como o DSG da Volkswagen, considerados os melhores automáticos do mundo.

Válvula termostática é besteira?

Alguns mecânicos resolvem o problema do motor superaquecido eliminando a válvula do circuito. O problema não é a válvula, mas por ela ter travado e prejudicado a refrigeração do motor. A solução não é se desfazer dela, mas substitui-la. Ela é importante para que o motor não trabalhe “frio” ao ser acionado ou em longas descidas.

Troque aos 40 mil km

Quilometragem “mágica” usada por fábricas, autopeças e oficinas para induzir a troca desnecessária de amortecedores, cabos de velas e catalisadores. Todos eles podem ter durabilidade muitas vezes maior.

Economizador economiza?

A internet é a grande fonte dessas trapizongas anunciadas como economizadores de combustível. Não acredite em nenhum deles, pois, fossem eficientes, seriam obviamente utilizados pelas fábricas de automóveis.

Carro turbinado é ‘bomba-relógio’?

Oficinas irresponsáveis adaptam turbinas em motores não projetados para recebê-las. É claro que sua durabilidade vai para o espaço, prejudicando a imagem dos motores desenvolvidos para o receberem. Tão resistentes e confiáveis quanto os aspirados.

Tanque na reserva destrói a bomba?

Nada a ver: o que refrigera a bomba dentro do tanque de alguns carros é exatamente o combustível que passa em seu interior. E não aquele que a envolve. O problema de usar o combustível até as últimas gotas é a eventual sujeirinha depositada no fundo do tanque que pode entupir a bomba. Caso ela não tenha um filtro para impedir.

Revisão geral por R$ 99?

E ainda tem quem acredita nisso. E em Papai Noel… Oficinas com este apelo promocional querem ver seu carro lá dentro. Depois de desmontado, começam a surgir os “pepinos” e as contas nas alturas. R$ 99,00 não paga sequer o estacionamento…

Aditivo no óleo

Engenheiros das fábricas de automóveis e de óleos se dedicam centenas de horas para determinar a melhor aditivação de cada motor. Aí vem os Militecs da vida anunciar milagres…

Portas travadas

Carro pronto para a viagem com a família, malas acomodadas, tanque cheio, pneus calibrados? Então, “s’imbora”  com os cintos afivelados, portas fechadas e travadas!

Opa: nada de travar portas na estrada, só no trânsito urbano. Porque, no caso de acidente, quem aparecer para ajudar ainda terá que enfrentar portas travadas, caso o carro não tenha sistema automático de desbloqueio.

Óleo para motor diesel no carro a gasolina

Outro besteirol sabe-se lá de onde veio. O “argumento” é que o óleo lubrificante do motor diesel deve ser muito mais eficiente para suportar suas exigências mais rigorosas. Mas, cada óleo é projetado para “conviver” com os gases que chegam no cárter provenientes da combustão. E os gases da gasolina não “conversam” com o óleo lubrificante projetado para os gases do diesel.

Querosene no tanque?

Só se estivermos falando de avião a jato. Ou seu carro tiver turbina em vez de motor. Querosene prejudica a câmara de combustão dos automóveis.

Derrapagens do Inmetro

Nem todas as certificações do Instituto Nacional de Metrologia são dignas de fé. Pneus remoldados não ostentam informações essenciais da carcaça reaproveitada, exigidas em outros países. Aqui, convenientemente (para os fabricantes) abandonadas pelo órgão do governo. Que já certificou também cadeirinhas infantis reprovadas depois em testes da Unicamp. Entre outras…

Chip milagroso?

Tem oficina que anuncia aumento de desempenho além de redução de consumo e emissões com a simples troca de um chip. Tão óbvio e as fábricas não perceberam? Ou transforma o carro a gasolina em flex. Tão barato, simples e as fábricas investiram fortunas nisso?

Mais artigos
Vídeo viral que mostra carro ad Apple é fake
yaris
 Recall do ESC: enquanto Mercedes faz, Toyota nega o quanto pode
caoa
 10 “mágicas” no automóvel devidamente esclarecidas

Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais