citroën c3 aircross 7 lugares
Divulgação/Citroën

7 lugares: Aircross e Spin são únicos abaixo de R$ 150 mil; veja lista

Segmento de carros de sete lugares tem modelos dos mais simples aos mais luxuosos, com versões híbridas e até um elétrico

Por Thais Villaça 01 de abr, 2024 · 17m de leitura.

A Chevrolet acaba de renovar a Spin, sua longeva minivan que se destacava como carro de sete lugares mais barato do mercado. Mas a concorrência se mexeu e a Citroën acabou roubando esse título com o C3 Aircross, que estreou há pouco mais de um mês. O SUV francês parte de R$ 117.990 na configuração de entrada, ou seja, R$ 20 mil mais barato que a versão da Spin que tem sete assentos. Isso porque as duas versões mais em conta da minivan só têm opção de cinco lugares.

Seja como for, os dois modelos têm versões para sete passageiros por menos de R$ 150 mil, bem abaixo do restante de outros veículos desse segmento vendidos no País. Por menos de R$ 200 mil, por exemplo, há apenas mais uma opção no mercado, o Caoa Chery Tiggo 8. Depois, apenas carros mais caros, que podem passar a cifra de R$ 1 milhão. Mas há uma gama bem diversificada, que inclui opções híbridas e até uma elétrica.

Conheça a seguir algumas boas opções de modelos de sete lugares disponíveis no mercado brasileiro.

Carros de 7 lugares no Brasil

Chevrolet Spin 7 lugares
Chevrolet/Divulgação

Chevrolet Spin

Na última semana, a Chevrolet revelou a Spin de cara nova. A minivan passou por uma reformulação estética geral, mas manteve o conjunto mecânico formado pelo  velho conhecido motor 1.8 flex aspirado que entrega 111 cv e 17,7 mkgf. São quatro versões disponíveis, sendo a de entrada a LT MT a única com câmbio manual de seis marchas, que custa R$ 119.990. As demais trazem câmbio automático, também com seis marchas. 

Contudo, essa versão de entrada não tem opção de sete lugares. Para levar mais gente, apenas a partir da configuração LTZ, de R$ 137.990. Seis airbags, faróis e lanternas de LEDs, câmera de ré, painel digital de 8”, central multimídia MyLink com tela de 11”, partida por botão, sensor de chuva, sensor crepuscular, sensor de estacionamento, computador de bordo e rodas de alumínio de 16” fazem parte da lista de equipamentos.

citroën c3 aircross 7 lugares
Divulgação/Citroën

Citroën C3 Aircross

Lançado em fevereiro, o C3 Aircross se tornou o carro de sete lugares mais barato do mercado brasileiro. A versão de entrada Feel custa R$ 117.990. A vantagem do SUV é trazer o motor 1.0 turboflex, que entrega 125 cv com gasolina e 130 cv com etanol, além de 20,4 mkgf com os dois combustíveis. 


Esse propulsor está presente em vários carros do grupo Stellantins, como no Fiat Pulse ou no Peugeot 208. O câmbio é sempre CVT que simula sete marchas. Na lista de equipamentos, destaque para central multimídia com tela de 10”, ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, vidros e travas elétricos e rodas de 16″.

7 lugares
Caoa Chery/Divulgação

Caoa Chery Tiggo 8

Maior SUV da Caoa Chery, o Tiggo 8 é conhecido por seu ótimo custo-benefício, já que o carro é bem equipado e espaçoso. Sob o capô está o motor 1.6 turbo de 187 cv e 28 mkgf pareado ao câmbio automático de dupla embreagem e sete marchas. Na configuração Max Drive, parte de R$ 179.990.

Em medidas, são 4,70 m de comprimento, 1,86 m de largura e 1,70 de altura e 2,71 m de entre-eixos. Já o porta-malas carrega 193 litros na configuração de sete lugares e 889 l sem a terceira fileira de bancos. Vem com central multimídia de 10,25”, painel digital de 12,3”, carregador de celular por indução, teto solar panorâmico, câmera 360o, monitoramento de ponto cego, entre outros.


jeep commander black friday prêmio SUVs
Divulgação/Jeep

Jeep Commander

Feito em uma versão esticada da plataforma do Compass para acomodar os dois assentos extras, o Commander tem 4,77 metros de comprimento, 1,86 m de largura, 1,68 m de altura e 2,79 m de entre-eixos. O porta-malas tem 233 litros com sete lugares e 661 l com cinco. Sua versão de entrada Longitude parte de R$ 241.590.

Há duas opções de motorização. A primeira é o 1.3 turboflex de até 185 cv e 27,5 mkgf, além de câmbio automático de seis marchas e tração dianteira. Já a segunda traz o 2.0 turbodiesel de 170 cv e 38,7 mkgf. Nesse caso, o câmbio é automático de nove marchas e a tração, integral.

Volkswagen Tiguan
Volkswagen/Divulgação

Volkswagen Tiguan Allspace R-Line

No final de 2023, o Tiguan Allspace voltou a ser vendido no Brasil após um hiato de quase dois anos. Disponível em versão única R-Line, o SUV é equipado com motor 2.0 turbo que entrega 186 cv e 30,6 mkgf, além de câmbio automático de oito marchas e tração dianteira. Desse modo, o novo Tiguan perdeu potência em relação ao antecessor, que tinha 200 cv e tração integral. Com visual renovado, o modelo ficou mais caro recentemente e tem preço de R$ 284.590.

Nas medidas, são 4,73 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,66 m de altura e entre-eixos de 2,79 m. Seu porta-malas carrega 686 litros com cinco lugares e 216 l quando os dois assentos sobressalentes estão armados. Na lista de equipamentos, destaque para painel digital de 10,25”, central multimídia de 8”, ar-condicionado de três zonas, alerta de tráfego cruzado, controle de cruzeiro adaptativo, assistente de estacionamento e frenagem automática de emergência com detector de pedestres.

Mitsubishi Pajero Sport 7 lugres
Mitsubishi/Divulgação

Mitsubishi Pajero Sport

Com preço inicial de R$ 339.990 na versão HPE, o Pajero Sport é um SUV mais robusto que não tem medo de encarar trechos mais difíceis. Equipado com motor 2.4 turbodiesel de 190 cv e 43,9 mkgf, o modelo tem câmbio automático de oito marchas e tração nas quatro rodas.


São 4,78 metros de comprimento, 1,81 m de largura, 1,80 m de altura e 2,80 m de entre-eixos. No porta-malas, capacidade para 120 litros com sete assentos e de 502 l com a terceira fileira rebatida.  De acordo com a Mitsubishi, há 32 possibilidades de configurações dos bancos. O Pajero Sport tem ainda sistema de frenagem autônoma, assistente de subida e descida em rampa, faróis e lanternas de LED e central multimídia da JBL.

chevrolet trailblazer
Chevrolet/Divulgação

Chevrolet Trailblazer

Disponível em versão única Premier, o Chevrolet Trailblazer custa R$ 368.550. Sob o capô, o SUV traz motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e torque de 51 mkgf. O câmbio é automático de seis marchas e a tração, sempre integral.

Tem ainda 4,88 metros de comprimento, 1,90 de largura, 1,84 m de altura e entre-eixos de 2,84 m. No porta-malas vão 205 litros com sete lugares e 554 l com capacidade para até cinco ocupantes. Vem com seis airbags, ar-condicionado digital, ACC, controle de velocidade em declive, sensores de estacionamento e de chuva, central multimídia MyLink, com tela de 8″, Wi-Fi nativo e rodas de liga leve de 18″.


Mercedes-Benz GLB
Mercedes-Benz/Divulgação

Mercedes-Benz GLB

Entre as marcas premium, o Mercedes-Benz GLB 200 é a opção mais em conta para quem quer um carro de sete lugares de uma marca de luxo. O preço, no entanto, não é baixo. Atualmente, a tabela é de R$ 374.900 na versão 200 Progressive.

Sob o capô, o SUV traz motor 1.3 turbo de 163 cv e 25,5 mkgf com tecnologia híbrida leve (em algumas situações, o sistema elétrico oferece 14 cv extras). O câmbio é automatizado de dupla embreagem e sete marchas. De acordo com a montadora, a aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em 9,3 segundos e a velocidade máxima é de 210 km/h. Em relação às dimensões, o carro tem 4,63 metros de comprimento, 1,83 m de largura, 1,66 m de altura e 2,83 m de entre-eixos.

Toyota SW4
Toyota/Divulgação

Toyota SW4

Um dos nomes mais fortes no segmento de carros de sete lugares é o Toyota SW4. O SUV parte de R$ 386.290 na versão SRX Platinum 7S – há uma configuração mais em conta, mas sem os dois assentos extras. Sob o capô está o motor 2.8 16V turbodiesel que entrega 204 cv e 50,9 mkgf. O câmbio é automático de seis marchas e a tração é integral.

O SW4 tem 4,79 metros de comprimento, 1,85 m de largura, 1,83 m de altura e 2,74 m de entre-eixos. Com sete lugares, a capacidade do porta-malas é de 180 litros. Entre os destaques, o modelo tem sete airbags, sistema de alerta de mudança de faixa, assistente de descida e subida, central multimídia de 9″ com oito alto-falantes, faróis e lanternas de LED e rodas de liga leve de 18″.

Discovery Sport
JLR/Divulgação

Discovery Sport

Depois de uma crise de identidade da Land Rover, o Discovery se tornou uma marca própria e parte de R$ 447.490 na versão de sete lugares com motor flex. Renovado recentemente, o SUV traz o 2.0 turbo de quatro cilindros a gasolina que entrega 249 cv de potência e 40 mkgf de torque. Além disso, há ainda a opção do motor 2.0 turbodiesel de 204 cv e 43,9 mkgf, mais cara (R$ 479.490). O câmbio é sempre automático de nove marchas com tração integral.


Nas medidas, 4,60 metros de comprimento, 1,90 de largura, 1,73 de altura e 2,74 de entre-eixos. O bagageiro leva 157 litros com os sete assentos armados. Na lista de equipamentos, central multimídia de 11,4”, controle de cruzeiro adaptativo, assistente de faixa com correção, câmeras 360o, tecnologia de capô transparente, bancos de couro, teto panorâmico e rodas de liga leve de 20”.

BYD Tan
BYD/Divulgação

BYD Tan

Único elétrico da lista, o BYD Tan não tem tanta notoriedade entre os carros da marca chinesa, que acabou focando seus esforços em modelos como o Dolphin e o Song Plus, por exemplo. Entretanto, por R$ 529.890, o Tan é uma boa opção para quem tem família grande e quer um carro desse segmento. Ele traz dois motores elétricos que geram 517 cv e 69,3 mkgf. A tração é integral. De acordo com dados do Inmetro,a autonomia máxima (combinada entre cidade e estrada) é de 472 km.

Assim, nas medidas, são 4,87 metros de comprimento, 2,82 m de entre-eixos, 1,95 m de largura e 1,72 m de altura. Piloto automático adaptativo, reconhecimento de faixa, frenagem automática de emergência, câmeras de alta resolução até dentro da cabine e a já famosa central multimídia giratória de 15,6” fazem parte da lista de equipamentos.


Volvo XC90 7 lugares
Volvo/Divulgação

Volvo XC90

O Volvo XC90 Recharge é o único híbrido plug-in da lista, mas também um dos mais caros. De acordo com a marca sueca, o modelo tem preço inicial de R$ 608.950 na versão Plus. O SUV combina motor 2.0 a combustão a um elétrico para gerar 455 cv e 72,3 mkgf. A autonomia com o uso exclusivo do propulsor elétrico é de até 50 km. Já o câmbio é automático de nove marchas e a tração, integral sob demanda.

Suas medidas são 4,95 metros de comprimento, 1,77 metro de altura, 1,96 m de largura e entre-eixos de 2,98 m. Dessa forma, o porta-malas carrega 316 l com a terceira fileira de bancos armada. Destaque entre os equipamentos estão central multimídia com sistemas do Google integrados, head-up display, som da Bowers & Wilkins, câmeras 360o, teto panorâmico e uma série de assistentes de condução semiautônoma.

BMW X7
Jady Peroni/Jornal do Carro

BMW X7

Mais caro da lista, o BMW X7 custa nada menos que R$ 1.199.950 na versão M60i. É, contudo, o maior modelo da marca, equipado com motor 4.4 V8 biturbo com tecnologia híbrida leve que entrega 530 cv e 76,4 mkgf. Ou seja, o sistema auxilia para um menor consumo, com médias são de 15,8 km/l na cidade e 12,4 km/l na estrada, de acordo com o Inmetro. O câmbio é automático de oito marchas com tração integral XDrive.

Nas dimensões, são 5,16 metros de comprimento, 2 m de largura, 1,79 m de altura e longos 3,10 m de entre-eixos. Mesmo com os sete assentos, o porta-malas tem 300 litros de capacidade. Por fim, entre os equipamentos, há suspensão pneumática, ar-condicionado de cinco zonas, teto solar, som Bowers & Wilkins Diamond, painel de instrumentos de 12,3”, central multimídia de 14,9″ e rodas aro 22.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
BMW X7: como é o SUV de 7 lugares com motor V8 e preço de R$ 1 milhão

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.