Aston Martin/Divulgação

Aston Martin DBX707 ganha atualizações e vira versão única

Super-SUV da Aston Martin agora é versão única, com poderoso V8 de 707 cavalos, com interior redesenhado e novos acabamentos

Por Rodrigo Tavares 23 de abr, 2024 · 4m de leitura.

Quando o assunto é utilitário esportivo, no real sentido da palavra “esportivo”, o Aston Martin DBX707 não brinca em serviço. A versão mais potente do único SUV da marca inglesa, com “apenas” 707 cavalos, fez tanto sucesso que agora tornou-se a única opção da linha. Agora, o DBX 2025 conta apenas com o 4.0 V8 AMG, que entrega 91,3 mkgf de torque.

Além disso, junto ao motor, está a transmissão automática de oito velocidades, bem como a tração integral, que ajuda a despejar toda a potência no asfalto. Durante um tempo, o modelo deteve o título de SUV produzido em série mais potente do mundo, mas que logo perdeu-se graças a concorrência elétrica, entretanto.

Aston Martin/Divulgação

Para a linha 2025, o SUV trouxe novidades, como o interior redesenhado, com um painel com linhas mais suaves. Além disso, agora o console central também foi revisto, separando o motorista do passageiro. Agora, há comandos físicos nas portas, volante e painel, além do cluster digital de 12,3 polegadas, e uma nova multimídia 10,25 polegadas, sensível ao toque, emprestada dos esportivos DB12 e Vantage.

Acabamento e personalização são o forte do Aston Martin DBX707

Aston Martin/Divulgação

O acabamento também foi melhorado, com madeira de carvalho ou ziricote, malha de titânio, fibra de carbono ou acabamento em piano black, por exemplo. As melhorias permitem uma maior personalização, bem como conferem mais exclusividade a cada modelo. Agora, o comprador tem dois tipos de revestimentos internos para escolher: Inspire Comfort com “bordado matricial” e couro acolchoado; ou a Inspire Sport, com “bordado vetorial” e Alcantara.

Por fim, para os que querem ainda mais exclusividade, a divisão especial “Q” da marca, permite personalizar ainda mais o modelo. Entretanto, a um custo consideravelmente mais elevado, é claro. Seja como for, quem optar pelo DBX707 não ficará para trás quando o assunto é som. Ele tem um sistema premium de 800 watts de potência e 14 alto-falantes.

Aston Martin/Divulgação

Por fim, dentre as mudanças recebidas no super SUV, estão a suspensão pneumática com câmaras e amortecedores atualizados. Assim como maçanetas embutidas na carroceria e novas rodas e janelas. Além disso, o modelo tem novas cores: Epsilon Black, Helios Yellow, Sprint Green, Malachite Green, Aura Green e Podium Green.

O Jornal do Carro também está no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Novo VW Tiguan Allspace tem trunfos, mas SUV ficou defasado

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.