Você está lendo...
Mais uma! Bentley anuncia que terá só carros elétricos em 2030
Notícias

Mais uma! Bentley anuncia que terá só carros elétricos em 2030

Meta da Bentley é lançar um carro a cada ano entre 2025 e 2030; projeto chamado de Five-in-Five prevê também ter fábrica 100% sustentável no fim da década

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

29 de jan, 2022 · 4 minutos de leitura.

Bentley
Além de carros elétricos, marca quer ter fábrica 100% sustentável
Crédito:Bentley/Divulgação

A exigência do Reino Unido em proibir a venda de carros somente a combustão fez a Bentley rever sua gama de produtos. De acordo com a marca inglesa, a partir de 2030, todos os seus modelos terão motorização puramente elétrica.

No ano retrasado, a fabricante já havia dito que seu primeiro EV seria lançado em 2025. Agora, entretanto, a marca detalhou um pouco mais o projeto, denominado Five-in-Five (cinco em cinco, em português). A previsão é, em síntese, lançar um veículo elétrico por ano até 2030 - ou seja, uma estreia por ano a partir de 2025. A Bentley ressaltou, sobretudo, que todos os modelos serão inéditos.

Bentley
Divulgação/Bentley

As novidades sairão da planta de Crewe, no Reino Unido, que já adotou postura mais ecológica. Por lá, por exemplo, há painéis solares para produção de energia, o que economiza recursos naturais e a torna neutra em carbono. Nesse ínterim, além da expansão dos painéis solares (de 30.000 para 40.000), aspectos ambientais, como gerenciamento de água e resíduos serão inclusos no projeto. Assim, conterá totalmente a criação de rejeitos líquidos e outros dejetos.

Tanto a mudança da fábrica quanto o desenvolvimento dos carros elétricos da Bentley fazem parte do investimento de 2,5 bilhões de libras esterlinas (mais de 18 bilhões, na conversão direta). O montante perdurará pelos próximos dez anos.

Mais que isso, a Bentley trabalhará apenas com fornecedores e rede de revendedores que sigam a mesma cartilha. Até 2030, a marca quer se tornar totalmente neutra em carbono em todas as suas operações.


Os carros

A frota atual da Bentley - composta por Bentayga, Flying Spur e Continental GT, nas versões cupê e conversível - será substituída por equivalentes elétricos "à medida que seus ciclos de vida se esgotem", disse o CEO da Bentley, Adrian Hallmark. Há estudos sobre o uso de biocombustível nos modelos atuais, num primeiro momento.

Bentley/Divulgação

De acordo com informações da imprensa internacional, o primeiro veículo elétrico da montadora seguirá o projeto Artemis, que a prima Audi vem desenvolvendo para o novo A8. Nem mesmo o formato da carroceria do novato é sabido até o momento. Contudo, como apontou Hallmark, consiste em algo no naipe do Jaguar I-Pace. "Porém, maior e mais ousado", frisou o executivo.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se