Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

18/03/2021 - 5 minutos de leitura.

BMW revela o sedã elétrico i4, um rival para o Tesla Model 3

Com autonomia para 590 km e desempenho de M3, o BMW i4 tem 523 cv de potência e acelera até os 100 km/h em 4 segundos

BMW i4 sedã elétrico
BMW i4 já está confirmado para o mercado brasileiro e desembarca por aqui no início de 2022 Crédito: Fabian Kirchbauer/BMW
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A BMW foi uma das primeiras marcas de luxo alemãs a oferecer um carro totalmente elétrico, o hatch i3. Entretanto, acima dele a fabricante bávara dispunha apenas do esportivo híbrido i8. Agora tudo vai mudar com a chegada do i4. O sedã elétrico foi revelado na conferência anual do grupo BMW com seus acionistas, e põe a alemã no caminho da Tesla.

Segundo anunciou a BMW, o i4 começa a ser vendido na Europa no último trimestre deste ano. E já no início de 2022 o modelo será lançado em outros mercados, incluindo o Brasil. Por enquanto, a montadora não revelou muitos dados técnicos e divulgou só fotos de estúdio do sedã. Mas o pouco que disse sugere que o i4 terá fôlego de M3 e longo alcance.

BMW i4 sedã elétrico
Fabian Kirchbauer/BMW

Autonomia para 590 km e 0-100 km/h em 4 segundos

Conforme antecipou a BMW, o i4 terá, em sua versão mais cara, um motor elétrico capaz de entregar 523 cv de potência máxima. O torque não foi revelado, mas sua aceleração de zero a 100 km/h será feita em apenas 4 segundos, marca digna de um esportivo. O sedã elétrico também será capaz de atingir a velocidade máxima de 200 km/h.

Além disso, o BMW i4 contará, também na versão de topo, com um pacote de baterias com capacidade de 80 kWh. O módulo tem 550 kg, fica montado na parte inferior da traseira do sedã e fornece energia para rodar até 587 km no ciclo WLTP. O conjunto também suporta cargas de 150 kW, o que permite recarregar 80% das baterias em rápidos 35 minutos.

BMW i4 sedã elétrico
Fabian Kirchbauer/BMW

Design é marcado pela enorme grade

Visualmente, o BMW i4 ficou muito parecido com o protótipo i4 Concept, revelado há um ano. O desenho é um pouco mais comportado, porém manteve grande parte das linhas, incluindo a clássica grade do duplo rim, que agora é enorme e tem disposição vertical, preenchendo a parte central do para-choques. O estilo já está em quase toda a gama de modelos.

O i4 também se diferencia de outros modelos mais tradicionais, como o M3, por trazer muitos frisos azuis na carroceria. Essa é a cor que identificará os carros elétricos da BMW. Ainda em relação ao design, a traseira se parece mais com a do Série 3, aproximando o modelo elétrico da gama tradicional. Da mesma forma, está prevista para o futuro a versão M Performance.



BMW i4 sedã elétrico
Fabian Kirchbauer/BMW

Possível rival do Tesla Model 3

A BMW evidentemente ainda não fala em adversários. Contudo, o i4 colocará a marca bávara pela primeira vez em disputa direta com a Tesla e o sedã Model 3, best-seller da fabricante de carros elétricos do bilionário Elon Musk. Mas não é só. Também em 2021 a BMW vai lançar o SUV elétrico iX3. Assim, logo terá um rival para outro Tesla, o Model X.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais