Você está lendo...
BMW vai produzir os novos X3 e X4 no Brasil e investir R$ 500 mi em SC
Notícias

BMW vai produzir os novos X3 e X4 no Brasil e investir R$ 500 mi em SC

Novos X3 M40i, X4 xDrive 30i M Sport e X4 M40i sairão da planta da BMW em Santa Catarina que ainda promete um modelo inédito em breve

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

18 de nov, 2021 · 4 minutos de leitura.

BMW
BMW X3
Crédito:BMW/Divulgação

A BMW anunciou nesta quarta-feira (18) que vai produzir os novos SUVs X3 e X4 em sua fábrica no Brasil. Os dois modelos foram lançados no início de 2021 na Europa. Da planta de Araquari (SC) sairão as versões X3 M40i, X4 xDrive 30i M Sport e X4 M40i. Segundo informações da marca, este último será seu veículo mais potente e tecnológico feito no Brasil. O motor 3.0 turbo gera 387 cv de potência.

BMW
BMW/Divulgação

Os dois lançamentos são resultado de parte de um novo investimento. Ou seja, a empresa vai aplicar R$ 500 milhões na planta brasileira nos próximos três anos. Além disso, a BMW promete desenvolver novos sistemas localmente. Assim, deve oferecer soluções cada vez mais avançadas. De acordo com informações da fabricante, o objetivo é atender as demandas da clientela.


No mesmo sentido, a BMW informou que vai fazer um carro inédito no Brasil. Porém, não revelou qual será esse modelo. O novo veículo vai ser global. Por isso, vai ser apresentado na matriz, na Alemanha. Por isso, os executivos dizem que não poderiam antecipar detalhes.

Outros destinos do montante

A produção dos novos modelos será um complemento a outras melhorias prometidas para a fábrica de Santa Catarina. A marca informa que sua equipe de engenharia vem trabalhando no desenvolvimento de novos sistemas de digitalização.

BMW/Divulgação

Além disso, a empresa informou que, embora haja estudos a respeito, não há definição sobre a produção de veículos híbridos e elétricos no Brasil num futuro próximo. Seja como for, da planta de Araquari já saem os modelos Série 3 e X1. Os executivos dizem que a capacidade de produção do complexo não vai aumentar. Aliás, a planta está completando sete anos. Ou seja, a possibilidade de fazer até 10 mil veículos por ano foi mantida.

Cabe salientar que a BMW, que lidera as vendas de veículos premium no Brasil, investiu quase R$ 1,8 bilhão desde 2014 só na planta catarinense. Até então, a fábrica, que neutralizou suas emissões de CO2, já havia recebido mais de R$ 1,3 bilhão em investimentos. A marca alemã também mantém sua sede administrativa no Brasil na capital paulista. Bem como tem uma fábrica de motocicletas em Manaus. Trata-se da única do tipo fora da Alemanha.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se