BYD Dolphin
Divulgação/BYD

BYD inicia 'guerra de preços' com elétrico Dolphin por R$ 70 mil na China

BYD Dolphin chega ao ano/modelo 2024 com preços a partir de R$ 70 mil; marca ainda não confirmou mudanças para outros mercados como o Brasil

Por Jady Peroni 27 de fev, 2024 · 4m de leitura.

A BYD acaba de atualizar o Dolphin para o ano/modelo 2024 na China. O compacto elétrico recebeu alguns retoques na cabine, bem como novas opções de bateria. No entanto, não mudou no visual. Seja como for, o que mais impressiona é o preço. De acordo com a marca chinesa, o modelo parte de 99.800 yuans na versão de entrada Vitality. Ou seja, cerca de R$ 70.000 na conversão direta e sem impostos. Nessa faixa, a BYD estabelece um novo patamar de preços para carros elétricos.

No portfólio, a configuração de entrada conta com uma bateria de 32 kWh com alcance de 302 km, segundo o ciclo chinês. Além disso, é equipada com um motor de 94 cv de potência. Ou seja, o mesmo à venda no Brasil. Em seguida, vem o Dolphin Free com preço a partir de 112.800 yuans. Algo em torno de R$ 79.000. Essa variante traz o mesmo propulsor elétrico de 94 cv, mas conta com uma bateria de 45 kWh. Assim, registra uma autonomia de aproximadamente 420 km.

Divulgação/BYD
Divulgação/BYD

Mais versões do Dolphin

Mas não para por aí. Ainda há mais duas versões do Dolphin na China. Uma delas é a Fashion, que tem o mesmo conjunto das versões mais baratas, mas traz um pacote de tecnologias mais completa. No mercado chinês, esta parte de 119.800 yuans (cerca de R$ 84.000). Por fim, na configuração topo de linha Knight, há um motor mais potente de 174 cv de potência e uma bateria de 45 kWh. A autonomia, de acordo com o ciclo chinês, é de 401 km. A montadora ainda promete uma nova versão capaz de atingir 520 km de alcance, mas não há previsão e lançamento.

Na cabine, o Dolphin recebeu algumas mudanças. Há por exemplo, carregador de celular por indução e portas USB-C. Além disso, a marca chinesa também aplicou bancos dianteiros ventilados, bem como uma suspensão independente. Segundo a montadora, haverá novas opções no portfólio do compacto 100% elétrico.

Vagner Aquino/Jornal do Carro
Vagner Aquino/Jornal do Carro

Até o momento, a BYD não confirmou se as novidades vão chegar a outros mercados. No Brasil, a fabricante está prestes a estrear o Dolphin Mini, conhecido como Seagull no mercado internacional. O modelo chegará ao País para ocupar o posto de elétrico mais barato, com preço na faixa de R$ 89 mil na configuração de 4 lugares, que está em pré-venda. A opção com 5 lugares deve chegar em seguida, mas na faixa abaixo dos R$ 100 mil.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
GWM Ora 03 e BYD Dolphin: os chineses elétricos de R$ 150 mil
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.