Mercado

Carros que já são os mais vendidos em 2019

Confira quais são nossas apostas para os carros mais vendidos em 2019

Rafaela Borges

15 de set, 2019 · 12 minutos de leitura.

Compass carros mais vendidos" >
Jeep Compass
Crédito: Werther Santana/Estadão

O ano de 2019 ainda não terminou, mas já dá para saber quais deverão ser os carros mais vendidos do Brasil em alguns segmentos. Faltando quatro meses para o encerramento da “temporada”, ao menos quatro modelos estão com a “vida ganha”.

O Onix será o carro mais vendido do Brasil em 2019, o quarto ano seguido. Esta é uma afirmação que dá para fazer sem medo de errar.

O hatch da Chevrolet nem sequer corre riscos. Ainda mais agora, que a marca confirmou a chegada da nova geração para novembro. O Onix 2020 ficou bem mais moderno, tanto na versão hatch quanto sedã.

No acumulado de janeiro até agosto, foram vendidas 159.367 unidades do Onix. É mais que a soma dos outros dois postulantes ao cargo de carro mais vendido do Brasil. Estamos falando do Hyundai HB20 e do Ford Ka, o segundo e o terceiro colocados, respectivamente, no ranking nacional de vendas.

O Hyundai somou, de janeiro a agosto deste ano, 70.386 emplacamentos, ante 68.862 do Ford. Se a Chevrolet encerrasse neste momento as vendas do Onix e só voltasse a oferecer o hatch em janeiro do ano que vem ainda assim o ele não seria alcançado pelos rivais. Garantiria sua primeira posição entre os carros mais vendidos.

carros mais vendidos
Chevrolet Onix (Foto: Felipe Rau/Estadão)

 

Para alcançar o Onix, o HB20 precisaria, até dezembro de 2019, registrar vendas de 22,5 mil unidades por mês. A média mensal de vendas do modelo, até agora, é de 8,8 mil exemplares.

Nem mesmo a mudança de geração, no mês que vem, deverá ser capaz de operar esse milagre. Ao contrário. Como a chegada do novo modelo já foi anunciada, há uma tendência de o consumidor esperar, em vez de comprar um dos exemplares “antigos” que ainda estão no estoque das lojas.

Já a briga pelo segundo lugar no ranking dos carros mais vendidos do Brasil em 2019 está aberta. Veja nossas apostas abaixo.

Carros mais vendidos: SUVs médios e sedãs médios

Outros dois modelos que têm suas posições garantidas como carros mais vendidos de seus segmentos são o Corolla e o Compass. O sedã médio da Toyota já passou pelo seu “pior” este ano. Estamos falando da mudança de geração.

O novo Corolla acaba de chegar às lojas. E, nem mesmo durante o período de mudança o modelo sofreu ameaças da concorrência. Para manter o ritmo de vendas no decorrer do ano, a Toyota fez promoções para desovar as últimas unidades do Corolla “velho”.

Continua depois do anúncio
Toyota Corolla (Foto: Divulgação)

 

De janeiro a agosto, o Corolla somou 36.640 emplacamentos. Isso é quase o resultado da soma das vendas do três principais concorrentes do Toyota no acumulado do ano. De janeiro a agosto, foram emplacados 17.720 Honda Civic, 11.992 Chevrolet Cruze e 8.169 Volkswagen Jetta. No total, os três rivais somaram 37.881 vendas.

Também tem seu posto assegurado entre os carros mais vendidos do Brasil o Compass. Isso apesar da chegada, em 2018, da nova geração do Volkswagen Tiguan, concorrente e tanto. Ainda assim, o Jeep se mantém firme e forte e muito à frente da concorrência no segmento de SUVs médios.

Em porte e preço, o Compass é um SUV médio. Seus números de vendas, porém, são semelhantes aos de compactos, que são mais baratos. No acumulado deste ano, o Jeep somou 39.046 emplacamentos. Bem lá atrás no ranking aparecem o Tiguan, com 8.188 vendas, o Hyundai ix35, com 3.442, e o Chevrolet Equinox, com 3.333.

 

Picape

Outro modelo que não dá bola para a concorrência é a Strada. Apesar de a VW Saveiro também ser boa venda, é virtualmente impossível ultrapassar os emplacamentos da Fiat neste ano.

De janeiro a agosto, foram emplacadas 50 mil Strada no País. Isso é quase o dobro do número de vendas da Saveiro no mesmo período. A picape da Fiat é o quinto modelo a ter posição garantida entre os carros mais vendidos do Brasil em 2019. Ele disputa compradores no segmento de compactas.

 

LEIA TAMBÉM

 

Nossa aposta entre os SUVs compactos

A briga mais acirrada pela liderança das vendas será no segmento mais badalado do País, o de SUVs compactos. Até julho deste ano, o Jeep Renegade estava no topo do ranking – e com folga.

Mas a Hyundai atualizou o Creta. O SUV ganhou reestilização e mais itens de série. Resultado: o Creta, que já havia sido o carro mais vendido do segmento em 2018, ultrapassou o Renegade no mês passado. A vantagem do Hyundai foi de mil unidades.

Com isso, o Creta ultrapassou também o Kicks. O Nissan, outro que estava no páreo, perdeu muito espaço em agosto e assumiu o segundo lugar no acumulado do ano entre os SUVs compactos.

 

Vídeo da semana: Teste do Caoa Chery Tiggo 7

 

Mas o Creta ainda não conquistou o topo do pódio no acumulado do ano. De janeiro a agosto, a vantagem do Renegade é de quase 8 mil unidades. São pouco mais de 44 mil emplacamentos para o Jeep, enquanto  as vendas do Hyundai ficaram um pouco acima dos 36 mil carros.

Para ultrapassar o Renegade em vendas neste ano, o Creta teria de somar uma vantagem de 2 mil exemplares por mês. A tarefa não é impossível, mas bastante difícil.

Por isso, caso não haja nenhuma grande mudanças no panorama até dezembro, o Renegade deverá fechar o ano como o SUV compacto mais vendido do Brasil.

Outras brigas

Entre os mais vendidos do segmento de SUVs de luxo, o BMW X1 tem cerca de 600 exemplares de vantagem sobre o Volvo XC60, segundo colocado. Para essa categoria, a folga é considerável.

Afinal, estamos falando de carros cujas vendas mensais giram em torno das 300 unidades no País. Por isso, nossa aposta para a liderança do segmento é o X1.

No caso das picapes médias, a Hilux ainda não garantiu a vitória, mas caminha para isso. O modelo da Toyota somou 26 mil unidades vendidas no acumulado do ano. A Chevrolet S10 aparece na segunda posição do ranking, com 20 mil emplacamentos. Considerando apenas o mês passado, a S10 chegou bem perto da rival. A diferença em relação à rival foi de apenas 250 exemplares.

Toyota Hilux (Foto: Divulgação)

 

O risco de a Hilux ser ultrapassada é baixo, mas é bom a Toyota ficar de olho. A Chevrolet vem buscando a primeira posição com voracidade.

A disputa pela vice-liderança do mercado (total) brasileiro tem uma briga muito boa. Em agosto, o Ford Ka ficou à frente do HB20. A vantagem foi de mil unidades.

O Hyundai está mudando de geração. Isso pode ser ruim no resultado de setembro, por exemplo. Além disso, considerando os números do segmento, as 1.500 unidades de vantagem do HB20 no acumulado do ano em relação ao Ford não garantem a vitória.

A partir de outubro, com a chegada da nova geração do HB20, tudo pode mudar. O modelo tem tudo para despertar o interesse do consumidor. Assim, apostamos no HB20 para a vice-liderança. A não ser que os preços sejam “assustadores”. Só assim a “sorte” poderá virar para o lado do Ka.

E o Prisma?

A lista de carros garantidos no posto de mais mais vendidos poderia ter cinco integrantes. O Chevrolet Prisma certamente teria fôlego em um período, digamos, normal.

Mas seu substituto está chegando ao mercado. O novo sedã da família Onix mudou de nome. Em vez de Prisma, seu nome é Onix Plus. Por isso, para a dúvida sobre a vitória do Chevrolet em vendas no segmento de sedãs compactos.

Mas nossa aposta permanece no Chevrolet. Em vendas, a vantagem ante os rivais é ampla.

De janeiro a agosto o Prisma somou 56.472 emplacamentos. O Ka Sedan, segundo colocado do segmento, teve 32.051 unidades vendidas no mesmo período. Em terceiro aparece o Virtus. De janeiro a agosto a Volkswagen vendeu 30.108 exemplares do modelo.

Nossa aposta no Chevrolet se mantém mesmo com a mudança de nome. Será chamado agora de Onix Plus, ganhando a nomenclatura Onix Joy Plus com a carroceria antiga.

o catálogo 0km do jornal do carro tem
ofertas imperdíveis de todas grandes marcas
Logo Jornal do carro
Preencha seus dados abaixo para...
Aceito receber informações e ofertas e que estou
de acordo com termos e condições
Quero receber ofertas do(s) modelo(s)

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

x