Você está lendo...
Chery Tiggo 8 Plus híbrido chega na China de olho no mercado brasileiro
Mercado

Chery Tiggo 8 Plus híbrido chega na China de olho no mercado brasileiro

Modelo estreia com motor 1.5 quatro cilindros combinado com dois elétricos que, juntos, geram 330 cv de potência; SUV da Chery pode fazer quase 80 km/l

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

22 de jan, 2022 · 4 minutos de leitura.

Caoa Chery
Chery Tiggo 8 Plus híbrido promete chegar aos 100 km/h em menos de 5 segundos
Crédito:Chery/Divulgação

O mercado de híbridos e elétricos vem despertando cada vez mais o interesse do público brasileiro. De olho nisso, várias fabricantes tem cada vez mais ofertado opções eletrificadas. A próxima a abraçar essa causa deve ser a Caoa Chery, que pode trazer o Tiggo 8 Plus e+, híbrido que estreou na China - pelas mãos da Chery.

Conforme noticiado pelo Jornal do Carro há quase um ano, o Chery Tiggo 8 Plus híbrido chegaria ao Brasil com tecnologia plug-in e alimentação flex. À época, já se sabia que o SUV de sete lugares usaria o motor 1.5 quatro cilindros turbo que possibilitaria ao grandalhão ir da inércia aos 100 km/h em apenas 4,9 segundos.



Entretanto, ao contrário das informações vagas de outrora, agora é possível entender como o SUV de sete lugares conseguiu tamanho desempenho. O modelo, que acaba de estrear do outro lado do mundo, tem como base a mecânica híbrida Kunpeng e+, que une o propulsor a combustão a dois elétricos. Um em cada eixo. Ou seja, tração integral.


No total, o trio gera 330 cv e 52 mkgf de torque, de acordo com a Chery chinesa. Alimentado por baterias de lítio, o modelo híbrido plug-in é capaz de rodar até 100 km só usando o modo elétrico. O seu consumo médio médio chega a impressionantes 100 km/l. Considerando que o motor a combustão precisará ser adaptado para aceitar os dois combustíveis, o eventual modelo vendido aqui provavelmente não alcançará esse número - mas ainda deve apresentar um consumo muito baixo.

Estética

Na parte do design, o modelo híbrido tem lanterna traseira com desenho interno diferente da versão a combustão. A lente, em síntese, é mais clara que a versão com motorização convencional. As rodas, portanto, seguem iguais.

Chery Tiggo 8
Car News China/Reprodução

Da porta para dentro, destaque para a telona central que forma uma única peça (como nos Mercedes-Benz). No entanto, são três telas. O quadro de instrumentos em LCD tem 7", a central multimídia tem 12,3" e, por fim, há um display de 8 polegadas para manuseio do ar-condicionado.

Chery Tiggo 8
Chery/Divulgação

Enquanto aguarda a versão híbrida, por ora o brasileiro terá que se contentar com o novo Tiggo 8 Plus convencional (motor 1.6 turbo de 187 cv). Nesse meio tempo, a Caoa Chery vem trabalhando a nacionalização do modelo híbrido, que já está em testes no Brasil.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Caoa Chery Tiggo 8 TXS
Oferta exclusiva

Caoa Chery Tiggo 8 TXS