Você está lendo...
Com vendas baixas, Audi e Ford investem em assinatura de carros
Mercado

Com vendas baixas, Audi e Ford investem em assinatura de carros

SUV elétrico e-tron S Sportback e picape Ranger FX4 são exemplos de modelos disponíveis por assinatura; carsharing de elétricos está em alta

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

13 de mai, 2022 · 7 minutos de leitura.

assinatura
Ford Ranger FX4 tem assinatura a partir de R$ 7.050 no pacote de 2.000 km
Crédito:Ford/Divulgação

Desde que parou de fabricar carros no Brasil e virou importadora, a Ford despencou nas vendas. Atualmente, a marca do oval azul sequer aparece entre as dez primeiras fabricantes do ranking. É o que apontam os números da Fenabrave, associação que reúne os concessionários do País. De olho nisso, uma das saídas da montadora para lucrar no País é a assinatura de carros. E a mais nova integrante do programa Ford Go é a picape Ranger FX4.

De acordo com a Ford, a assinatura é parte das novas tendências de mobilidade e está em alta. É uma opção para quem deseja estar sempre de carro novo e quer comodidades. Os planos normalmente incluem IPVA, manutenção, seguro, documentação, etc. Ou seja, todos esses itens estão inclusos no valor mensal da assinatura.

"Cada vez mais pessoas estão migrando para esse modelo, principalmente nos grandes centros. É uma tendência que avança e abrange vários tipos de perfis", diz Matheus Batistuzzo, líder de mobilidade e novos negócios da Ford. Fato, afinal, muita gente não quer mais saber de comprar carro e, desse modo, prefere abrir mão da posse do bem.




Como é e quanto custa?

Lançado há quase um ano, o programa reúne modelos como o Territory e as versões Black e Limited da Ranger. No caso do SUV, valores partem de R$ 4.650 na franquia de 1.000 km.

Ford/Divulgação

Para a Ranger FX4 com motor 3.2 turbodiesel de 200 cv e tração 4x4, a marca pratica preços um pouco mais salgados. A picape tem mensalidades a partir de R$ 7.050 no pacote de 2.000 km. Mas, se o limite mensal escolhido for de 3.000 km, o preço sobe para R$ 7.700. O Ford Go tem contratação 100% digital. O prazo médio de entrega do veículo é de 45 dias após a contratação. Além de pessoa física, há planos para empresas e frotas de até cinco carros.


Audi segue tendência

A Audi, que também não vive sua melhor fase no Brasil, vai no mesmo caminho da Ford. No 20º lugar no ranking das marcas no fechamento de abril (há um ano, era a 18ª), a alemã oferece o SUV elétrico e-tron S Sportback na plataforma Audi Luxury Signature. A assinatura do modelo elétrico parte de R$ 21.100 por mês.

assinatura
Audi/Divulgação

O Audi Luxury Signature tem planos de 18 ou 24 meses. No pacote, oferece pacotes com até 1.500 km mensais, incluindo IPVA, seguro, licenciamento, assistência 24 horas e manutenção preventiva. Para modelos blindados, o custo da proteção é pago à parte. A modalidade vem sendo comemorada na empresa. "O modelo de negócios de carro por assinatura está cada vez mais consolidado", afirma Daniel Rojas, CEO e presidente da Audi do Brasil.


Além do e-tron S Sportback, o programa - disponível em 27 cidades e 34 pontos de venda - tem os modelos A4, Q7, e-tron e e-tron Sportback. As mensalidades partem de R$ 8.285.

Carsharing no grupo BMW

A Osten Fleet, grupo de concessionárias que trabalha com veículos premium, rendeu-se ao segmento de carsharing para carros eletrificados de luxo. Batizado como Osten GO Carsharing, o serviço é oferecido por meio de aplicativo. Assim, está disponível para Android e iOS.

Por ora, apenas Mini Cooper S E e BMW i3 estão no programa. Entretanto, de acordo com a empresa, a previsão é ampliar a disponibilidade dos modelos também para as lojas físicas da capital paulista até o fim do mês. Os valores partem de R$ 120 a hora. A Osten Fleet promete preços diferenciados para utilização por períodos de 24 horas e 48 horas.


Mini Cooper elétrico
Diogo de Oliveira/Estadão

"Sabemos que o carsharing otimiza recursos e esta solução de mobilidade visa, sobretudo, proporcionar aos clientes a oportunidade de vivenciar seus deslocamentos com experiência", diz Liandra Boschiero, gerente da Osten Fleet. Para ela, a iniciativa abre a possibilidade de o cliente levar os modelos para sua rotina e, assim, conhecê-los melhor. Isso pode, portanto, gerar até mesmo a compra do veículo em questão. Uma espécie de novo formato de test-drive.

Por meio do app Osten GO Carsharing by Ucorp, o cliente utiliza o veículo pelo tempo que desejar. Basta destravar o carro no aplicativo - não há necessidade do uso de chave.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Ford Mustang Mach 1
Oferta exclusiva

Ford Mustang Mach 1