Você está lendo...
Após críticas, Toyota Corolla Cross 2023 tem cano de escape 'disfarçado'
Notícias

Após críticas, Toyota Corolla Cross 2023 tem cano de escape 'disfarçado'

Peça agora é pintada parcialmente em preto fosco, camuflando o componente que antes chamava atenção e destoava do visual sofisticado

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

31 de jan, 2022 · 4 minutos de leitura.

Corolla Cross
De início, tom prateado da ponteira de escape e abafador destoavam visual traseiro do Toyota Corolla Cross
Crédito:Diogo de Oliveira/Estadão

Lançado em março de 2021, o Toyota Corolla Cross é um sucesso de vendas e, em alguns meses, ficou à frente até do tradicional Corolla sedã. O modelo revolucionou a categoria de SUVs médios com a versão híbrida flex, tornando-se o único modelo eletrificado dentre os utilitários mais vendidos. Entretanto, o modelo feito pela marca japonesa em Sorocaba (SP) também recebeu críticas por certas simplicidades.

Uma delas era o cano de escape e o abafador na traseira, que ficavam muito aparentes, destoando do visual sofisticado do SUV. Pois a linha 2023 do Corolla Cross chegou às lojas com um pequeno retoque para minimizar a questão. O escapamento e o abafador foram "disfarçados" e agora são pintados em preto fosco. Ou, ao menos, parte deles.

Nesse sentido, apenas a ponteira do escape e parte do abafador vêm em preto fosco, na tentativa de se camuflar em meio ao para-choque traseiro. Mas, basta comparar o modelo às unidades europeias (foto abaixo) e norte-americanas para entender que o Corolla Cross brasileiro poderia, sim, apresentar solução melhorada.


Corolla Cross
Toyota/Divulgação

Nesses mercados, o Corolla Cross tem abafador transversal. Bem encaixada sob o assoalho, a peça não fica a mostra como no modelo brasileiro. Nesse sentido, além de um visual mais harmônico, nada de comprometer o ângulo de saída do SUV - de 36 graus.

Mais motivos

Outro motivo que não agradou o consumidor do Corolla Cross é o estilo do freio de estacionamento. O acionamento por pedal já foi considerado moderno tempos atrás, mas caiu no ostracismo e hoje não é visto com bons olhos. Entretanto, o lado positivo é que ele libera uma boa área no console central, o que agrada muita gente. Ainda assim, a marca poderia ter optado pelo acionamento eletrônico por botão. Mais simples e mais bem aceito. Contanto, é caro. O que, evidentemente, pesou na decisão da marca japonesa.


Corolla Cross
Toyota/Divulgação

Recentemente, também chamou a atenção a diferença de conteúdo que o SUV da Toyota tem em cada mercado. A disparidade nas listas de equipamentos é grande. Na Europa, por exemplo, o utilitário tem itens sequer disponíveis como opcional no Corolla Cross nacional, que vão desde detalhes do conjunto óptico até a central multimídia com tela de 10,5", conexão sem fio com as plataformas Android Auto e Apple CarPlay e serviços conectados à internet. Por aqui, não há nada disso. Teto solar panorâmico, por fim, também tem só no Velho Continente.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Deixe sua opinião