Mercado

Em reviravolta, Chevrolet Onix dispara em novembro e reassume liderança

Além do Onix, GM se recupera e também traz de volta o sedã Onix Plus e o SUV Tracker para o ranking; Fiat Argo desaparece do top 10 na primeira quinzena

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

19 de nov, 2021 · 4 minutos de leitura.

Onix Chevrolet" >
Chevrolet Onix volta ao topo do pódio e foi o único da lista a ultrapassar as 9.000 unidades em novembro
Crédito:Chevrolet/Divulgação

Parece que a Chevrolet está se recuperando dos tempos de crise. De acordo com a parcial da primeira quinzena dos carros mais vendidos de novembro, o Onix voltou a liderar com folga. Até a última atualização da lista, divulgada pela Fenabrave, o hatch emplacou mais de 4 mil unidades, o que equivale quase ao total de vendas do modelo em outubro.

Para lembrar, o hatch da GM, que foi líder de mercado nos últimos seis anos, perdeu força na pandemia por causa da crise de semicondutores. No entanto, a volta de produção em massa já mostra resultados. Inclusive, além do regresso do Onix, o sedã Onix Plus e o SUV Tracker também estão de volta. Ambos os modelos estavam fora do ''top 10'' há meses.

Segundo os dados, o sedã da GM emplacou 2.488 unidades nos primeiros 15 dias do mês. Dessa forma, ocupa a 6ª posição no ranking. Já o Tracker ressurgiu das cinzas entre os SUVs e aparece em 7º lugar.

Ranking Fiat Argo
Fiat/Divulgação

Porém, a volta de potência da GM não agradou a todos. Nessa reviravolta, o carro até então campeão de vendas ficou de fora até mesmo da lista dos 10 mais vendidos. Estamos falando do hatch Fiat Argo, que, durante o mesmo período, emplacou apenas 2.016 unidades.

Hyundai Creta surpreende

Além da recuperação da GM, outro destaque são os números do Hyundai Creta. O SUV, que estreou em setembro, foi o modelo mais vendido da categoria. Inclusive, no ranking, ele ocupa a 2ª posição dos mais vendidos, com 3.028 unidades na quinzena.

Novo Hyundai Creta
Hyundai/Divulgação

Ainda nessa gama, outros carros que também estão entre os ''top 10'' são o VW T-Cross e o Jeep Compass. Além, é claro, do Chevrolet Tracker. Mas, a surpresa é a ausência do Jeep Renegade, que, em outubro, ficou na 2ª posição geral e, até o momento, está fora do ranking.

Reviravoltas

Outro carro que decaiu na última quinzena é o Hyundai HB20. O hatch foi desbancado por modelos da GM e da Fiat e quase ficou de fora da lista, ocupando, assim, a 10° posição. Já o VW Gol tenta voltar ao pódio, mas ficou em 8º lugar.



Por fim, apesar das mudanças e recuperações, será muito difícil bater os modelos da Fiat neste ano. Isso porque, no acumulado de 2021, o Argo e a picape Strada têm ampla vantagem sobre os concorrentes.

Para se ter uma ideia, a Strada, líder na categoria de comerciais leves, possui cerca de 92 mil unidades acumulas até outubro. Porém, podemos esperar de tudo nesse ano de surpresas.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Continua depois do anúncio
https://youtu.be/pVJN7gZtDtI