Fiat 500X e 500L serão transformados em um único SUV maior

Em corte de custos, Fiat irá transformar as duas variantes da família 500 em um inédito SUV de dimensões maiores

fiat
FIAT 500X Crédito: FIAT

A Fiat vai aproveitar o momento de crise do mercado para criar novas sinergias. A empresa pretende dar fim aos dois modelos maiores da linha 500, o 500X e o 500L, e substituir ambos por um único veículo. A proposta, segundo o presidente da marca italiana, é lançar um SUV maior que cubra a lacuna de ambos.

A proposta do novo SUV é ter o entre-eixos maior o suficiente para acomodar um pacote de baterias de íons de lítio. Isso porque uma das missões é ter uma versão 100% elétrica. Uma imposição do mercado para ser competitivo nos próximos anos no segmento, especialmente na Europa.

Vale lembrar que a Fiat, como parte do grupo FCA (Fiat-Chrysler) fechou uma fusão com o grupo PSA (Peugeot-Citroën) no último ano. E a PSA já tem plataformas modulares prontas para atender carros elétricos, as EMP1 e EMP2.



Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Elas foram projetadas para receber trens de força a combustão, híbridos e elétricos. A EMP1 atende os compactos e subcompactos, como os Peugeot 208 e 2008 e o Opel Corsa. A EMP2 é a utilizada para os veículos médios e grandes, como os Peugeot 3008 e 5008 e o Citroën C4 Picasso.

Foco do novo modelo

Segundo François, entre as necessidades do novo modelo está a de “atender bem famílias como o 500L e ser dinâmico como o 500X”. Pela lógica da declaração do executivo, o novo modelo deve ser produzido sobre a plataforma EMP1. Também conhecida como CMP, para os produtos mais compactos.

fiat
FIAT

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Fiat CRONOS CRONOS DRIVE 1.3 FLEX 4P