Geely pode comprar 50% da Smart

Daimler negocia parcerias com outras fabricantes para assegurar futuro da Smart. Geely já é dona da Volvo e trabalha com carros elétricos na China

geely
Smart produz apenas ForTwo e ForFour em versões elétricas e a gasolina Crédito: Foto: Smart/Divulgação

Em meio às especulações sobre o futuro da Smart, um novo rumor pode indicar direções bem diferentes para a marca controlada pela Mercedes-Benz. A chinesa Geely pode comprar 50% da Smart segundo informações do jornal Financial Times. A transação estaria perto de ocorrer, sendo concluída antes do Salão de Shangai, em abril.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

A Daimler já havia confirmado que estuda o que fazer com a fabricante, já que os prejuízos vêm se acumulando nos últimos anos. Segundo analistas de mercado, a Smart pode estar com débitos de quase US$ 800 milhões por ano. Nos Estados Unidos, a marca vendeu apenas 1.276 unidades em 2018. A Smart, aliás, nunca rendeu lucros para a Daimler desde a sua criação, no fim dos anos 1990.

Na Europa a situação da Smart é bem melhor do que nos Estados Unidos. A fabricante conseguiu vender 97.346 carros em 2018, mas o número ainda é bem abaixo do objetivo de vender 200 mil carros anualmente.

Entre as possibilidades, estariam parcerias com outras fabricantes, como a Geely. A China também é o maior mercado de carros elétricos do mundo, e a presença da Smart por lá poderia alavancar as vendas da marca. A fabricante de microcarros alemã já se comprometeu a se tornar uma marca de carros elétricos apenas.

MERCEDES-BENZ PODE ACABAR COM A SMART
MERCEDES-BENZ MOSTRA NOVO AMG A35 SEDAN

Geely pode salvar a Smart

Caso a parceria com a Geely realmente ocorra, poderá ser a salvação para a Smart. A Mercedes-Benz cogita, inclusive, encerrar as atividades da marca por completo. O jornal alemão Handelblatt afirma que a aposentadoria do atual CEO da Daimler, Dieter Zetsche, a Smart perderia seu maior defensor dentro do conglomerado. O futuro CEO, Ola Källenius, não estaria interessado em continuar lidando com os prejuízos da marca.

A Geely, aliás, vem dando passos largos com veículos elétricos. A marca é dona da Volvo atualmente e investe na Lynk&Co e na Polestar, marcas que venderão apenas carros elétricos.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais