Comparativo

HB20X e Stepway fazem duelo de aventureiros urbanos

Versões Diamond Plus do Hyundai HB20X e Iconic do Renault Stepway se enfrentam em comparativo para mostrar quem se sai melhor

José Antonio Leme

20 de jan, 2021 · 8 minutos de leitura.

comparativo hb20x e stepway" >
Principais diferenciais desse tipo de carro, apliques plásticos e detalhes pretos deixaram o visual do HB20X mais harmonioso que o do Stepway
Crédito:WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Os SUVs vêm dominando as vendas de veículos no mundo todo nos últimos anos. Curiosamente, a maioria desses modelos faz parte do segmento de compactos, que surgiu a partir das versões aventureiras de carros que já existiam. É o caso do Hyundai HB20X e do Renault Stepway, por exemplo.

O Hyundai é feito em Piracicaba (SP) e o Renault, em São José dos Pinhais (PR). Os dois são boas opções para quem quer um modelo mais ?altinho?, mas não quer (ou não pode) pagar por um SUV urbano.

Para saber qual é melhor, comparamos as opções de topo, Diamond Plus, do HB20X, e Iconic, do Stepway. Neste duelo, o vencedor foi o Hyundai.

hb20x
WERTHER SANTANA/ESTADÃO

O hatch paulista venceu por ser mais barato, ter motor mais potente e câmbio mais eficiente. Além disso, sua lista de equipamentos é maior e o pacote de revisões custa menos que o do rival. A favor do paranaense estão o ótimo espaço interno e o amplo porta-malas.

Preços e motores

O HB20X parte de R$ 81.490 e o Stepway, de R$ 87.090. Os dois têm motores flexíveis de quatro cilindros e 1,6 litro. Mas, enquanto o do Hyundai gera até 130 cv e 16,5 mkgf o do Renault produz 118 cv e 16 mkgf. Os dados são com 100% de etanol.

O câmbio do Hyundai também é melhor. Enquanto o HB20X traz caixa automática convencional de seis marchas, o Stepway, vem com um automático do tipo CVT, de relações continuamente variáveis, que simula seis velocidades.

Na prática, o Hyundai tem respostas mais ágeis, principalmente, quando o motorista faz o ?kickdown?. Ou seja, quando se pisa fundo e abruptamente no acelerador, o câmbio reduz marcha e prioriza o desempenho.

WERTHER SANTANA/ESTADÃO

A transmissão do Renault, todavia, foca o conforto e o consumo de combustível. Com isso, mesmo quando o motorista ?finca? o pé no pedal da direita, o carro demora a responder.

Em uso urbano, isso não representa nenhum problema. Aliás, no trânsito das cidades os dois aventureiros são equivalentes. Na estrada, contudo, é preciso cuidado. Sobretudo na hora de fazer ultrapassagens.

Tem espaço de sobra

Em síntese, o Hyundai, a calibragem do sistema de direção elétrica é mais precisa que do Renault, cujo sistema é eletro hidráulico. Na prática, o HB20X tem respostas mais diretas e precisas.

Os dois hatches, contudo, têm o mesmo tipo de suspensão. Na dianteira há conjunto independente e atrás há eixo de torção. Ainda assim, a calibragem é mais bem acertada no HB20X.

WERTHER SANTANA/ESTADÃO

O Hyundai sofre menos com os buracos e imperfeições na via. O Renault também filtra bem a buraqueira, mas sua carroceria balança mais em curvas que a do concorrente.

Continua depois do anúncio

O Stepway se destaca pelo amplo espaço interno, capaz de levar até cinco adultos sem nenhum aperto. De longe, o hatch paranaense é o que melhor recebe os ocupantes do banco traseiro entre todos os modelos do segmento no País. No HB20X, a área para as pernas de quem viaja atrás é bastante reduzida.

Porta-malas

O porta-malas, bem como, é outro destaque do Stepway. São 320 litros de capacidade, ante os 300 litros do bagageiro do HB20X. Em números, a diferença pode parecer pequena, mas, na prática, é uma vantagem e tanto.

WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Em relação ao acabamento e à ergonomia, o Hyundai também sai na frente. Além de ter volante com melhor pegada e mais prático, graças aos controles de áudio e velocidade integrados, há ajuste de altura e profundidade da coluna. No Renault, entretanto, há apenas o de altura.

Além disso, a central multimídia e os botões de comando estão mais bem posicionados no HB20X. No hatch paulista, o equipamento está mais próximo da linha dos olhos. Com isso, o motorista acaba ficando mais concentrado na direção e não desvia muito a atenção.

Android Auto e Apple CarPlay

No quesito oferta de equipamentos, os dois modelos são parelhos, mas o Hyundai sobra em tecnologia. Em ambos há quatro air bags, controles eletrônicos de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa. Assim como ativação automática dos faróis, câmera e sensores de obstáculos na traseira.



A mais, o HB20X traz chave presencial, partida por botão, alerta de saída de faixa involuntária e de risco de colisão frontal, com frenagem automática de emergência. Há ainda monitor de pressão dos pneus e start&stop. Mas só o Stepway tem ar-condicionado automático ? o do Hyundai é manual.

No visual, os apliques plásticos e detalhes exagerados casaram bem no HB20X. O Stapway aposta no estilo ?arroz com feijão? que a marca vem utilizando em seus aventureiros há anos. A prática será mantida inclusive na nova geração do hatch, que deve estrear neste ano.

Comparativo

Prós e contras

Hyundai HB20X

Prós: Dirigibilidade

Hatch vai bem na buraqueira e em curvas graças aos ajustes na direção e suspensão.

Contras: Espaço interno

Especialmente para quem viaja atrás, área para as pernas
é limitada.

Renault Stepway

Prós: Espaço

Tanto na cabine quanto no porta-malas, o modelo da Renault é o campeão da categoria.

Contras: Desempenho

O câmbio do tipo CVT, voltado ao conforto e consumo, limita as respostas do motor 1.6.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se