Você está lendo...
Honda inicia pré-venda do City hatch, novo rival de HB20 e Onix
Lançamentos

Honda inicia pré-venda do City hatch, novo rival de HB20 e Onix

Versão inédita chega dois meses depois do sedã em duas versões; preços vão de R$ 114.200 (EXL) a R$ 122.600 (Touring)

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

01 de fev, 2022 · 4 minutos de leitura.

Honda
Compacto da marca japonesa chega em inédita versão hatchback para disputar vendas com Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Fiat Argo e companhia
Crédito:Honda/Divulgação

A Honda iniciou a pré-venda da inédita configuração hatch do novo City nesta terça-feira (1). O modelo, que chega ao Brasil com a missão de conquistar os órfãos do Fit, extinto desde o ano passado, já aceita reservas em todo o Brasil. As entregas das primeiras unidades, no entanto, a marca deixa para março. Em duas versões de acabamento, preços partem de R$ 114.200.

O modelo vem equipado com o mesmo motor aspirado 1.5 16V DOHC i-VTEC de até 126 cv (gasolina/etanol) da versão sedã. O torque máximo fica em 15,8 mkgf. O câmbio automático CVT também segue o irmão maior e simula sete marchas.

Por falar no irmão, o Honda New City hatch tem 20,8 centímetros a menos que sedã - são 4,34 metros de comprimento. Quem sofre com isso é o porta-malas. Cai de 519 litros para apenas 268 l. Pequeno também é o tanque de combustível, de irrisórios 39,5 l.


Honda
Honda/Divulgação

Mas se alguns pontos foram sacrificados no hatch, outros seguem a cartilha do Fit, de bom espaço e funcionalidade. A distância entre-eixos, por exemplo, manteve a medida do Honda City sedã e tem 2.60 m. Por fim, tem 1,75 m de largura e 1,50 m de altura. Outro ponto de destaque é o sistema Magic Seat. Herança do Fit, trata-se de solução que permite rebater os bancos de diversas formas. Há em síntese, quatro modos de utilização: Utility, Long, Tall e Refresh. Com isso, o volume de carga pode chegar a 1.045 litros.

Preços e principais conteúdos

Na versão de entrada EXL (R$ 114.200) o modelo já vem com itens como seis air bags, controles de estabilidade e de tração e sistema de travamento e destravamento por aproximação da chave (Smart Entry). Assim, conta ainda com partida do motor por botão e central multimídia com tela de 8". Nela, conexão sem fio com Android Auto e Apple Carplay e câmera de ré vêm inclusos.


Honda/Divulgação

Ar-condicionado digital automático, bancos revestidos com couro, controle de cruzeiro adaptativo, monitor de ponto cego e quadro de instrumentos digital (7") também estão no pacote.

Topo de linha

Para justificar o preço alto (sai mais caro que concorrentes como Chevrolet Onix, Fiat Argo, Hyundai HB20 e Toyota Yaris), o Honda City hatch reúne até tecnologias semiautônomas do Pacote Sensing. Mas só na versão topo de linha Touring. Ou seja, a variante de R$ 122.600, acelera e freia sozinha e tem até assistente de permanência em faixa. No mais, tem iluminação full LEDs e farol alto automático. Sensor de estacionamento na dianteira e saídas do ar-condicionado na parte de trás vêm de fábrica.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se