Lançamentos

Novo Honda City sedã entra em pré-venda, veja todos os preços e versões

Com valores a partir de R$ 108 mil, novo Honda City entra em pré-venda com três versões disponíveis; sedã será entregue a partir de dezembro

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

25 de nov, 2021 · 6 minutos de leitura.

Honda city" >
Primeiras unidades do novo Honda City serão entregues em dezembro
Crédito:Divulgação/Honda

A Honda oficializou o início da pré-venda do novo City em um lançamento virtual nesta semana. Na live, a marca apresentou detalhes das três versões do sedã que chegam ao mercado agora em dezembro. Em sua 5ª geração, o City vem um pouco maior e mais sofisticado para substituir o Civic, que sairá de linha ainda no final deste ano.

Além do sedã, a japonesa apresentou a grande novidade da linha New City: o hatchback, que vem suceder o medalhão Fit. Entretanto, as reservas do modelo terão início somente em fevereiro 2022, em janeiro, com entregas a partir do mês de março. Mas mesmo sem dar pistas sobre valores, a Honda apresentou mais detalhes sobre a nova carroceria do compacto.

Motor do New City

Como já mencionado pelo Jornal do Carro, a Honda trouxe mudanças mecânicas para o novo City que estarão presentes nas 3 versões. O motor é o 1.5 16V DI i-VTEC. Ele conta com sistema de injeção direta de combustível e duplo comando variável de válvulas no cabeçote, com o VTC, sistema que controla as válvulas de admissão.

De acordo com a Honda, são 126 cv de potência com ambos os combustíveis a 6.200 rpm, e até 15,8 mkgf com etanol a 4.200 giros. Com esses números, o novo 1.5 flex fica atrás dos motores 1.0 turboflex. Contudo, a japonesa recalibrou o câmbio automático CVT e garante que o New City é o sedã mais econômico da categoria, e faz até 15,2 km/l com gasolina na estrada.



Versões do sedã

Apesar de utilizar o mesmo conjunto mecânico, as versões se diferenciam principalmente nos equipamentos. Contudo, todas as versões são equipadas com ampla tecnologia e oferecem produtos de alta qualidade.

Na versão de entrada, EX, o valor é de R$108.300. Nessa, entre os equipamentos, está a central multimídia de 8 polegadas com interface sem fios e conexão para Android Auto e Apple Carplay, partida por botão, câmera de ré, chave smart entry e bancos com estabilizador corporal. Além disso, também há seis airbags, rodas de 16 polegadas, faróis de neblina e paddle shift.

Já a versão EXL, além dos itens acima, conta com o um sensor de estacionamento traseiro, bancos de couro, 8 alto falantes e um painel TFT de 7 polegadas. Além desses equipamentos, há o assistente de redução de ponto cego. O valor dessa versão é de R$114.700.

Honda/Divulgação

Versão topo

Por fim, temos a última versão, que é a topo de linha Touring. Essa, reúne todos os equipamentos disponíveis nas outras versões e, ainda, sensores de estacionamento dianteiros e espelho retrovisor fotocrômico. Além de reunir todos os equipamentos, essa versão é a primeira fabricada no Brasil a contar com o Honda Sensing.

Esse sistema nada mais é que um pacote de tecnologias de segurança e assistência ao motorista. Portanto, há controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática, assistência de permanência em faixa, mitigação de evasão de pista e ajuste automático de farol. Em valores, o Touring tem preço de R$123.100.

Honda City
Honda/Divulgação
Continua depois do anúncio

Ampla tabela de cores

No total, serão seis opções de cores para o Honda City. Entre elas estão o Branco Tafetá (pintura sólida); Azul Cósmico, Prata Platinum e Cinza Barium (metálicas); e Branco Topázio e Preto Cristal (perolizadas).

Na versão Touring, exclusivamente, o interior será de couro claro nas cores Branco Topázio, Cinza Barium e Azul Cósmico. No restante, o interior será em preto.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se