Você está lendo...
IPI reduzido: nova baixa no imposto vai baratear os carros? Entenda
Mercado

IPI reduzido: nova baixa no imposto vai baratear os carros? Entenda

Nova alíquota do IPI é válida até o dia 31 de dezembro de 2026 e promete baixar preços de picapes com peso bruto total de até 5 toneladas

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

02 de mai, 2022 · 5 minutos de leitura.

IPI
Com nova alíquota, Chevrolet S10 ganha desconto de quase R$ 3.500
Crédito:GM/Divulgação

Na última sexta-feira (29), o governo federal publicou decreto que amplia a redução na alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de 25% para 35%. De acordo com o decreto 11.055, de 28 de abril de 2022, e válido desde ontem (1º de maio), dentre os produtos contemplados estão os veículos.

De acordo com o sócio da Bright Consulting, Cassio Pagliarini, a avaliação da nova tabela de incidência de IPI mostra que a mudança significativa, no entanto, abrange apenas as picapes de até 5 toneladas de PBT (Peso Bruto Total). "Outra mudança consistiu no arredondamento de alíquotas em duas casas decimais", explica o consultor.

Pagliarini ressalta que a alíquota para picapes caiu de 8% para 6,5% com o decreto 10.979, e para 5,2% por meio do decreto 11.055. "Com essa última alíquota, os preços desses veículos podem ser reduzidos em até 1,2 pontos percentuais adicionais. Isso, se toda a redução do IPI for aplicada (ao valor do veículo) e não houver outras variações no período", enfatiza.


Nesse sentido, calcula-se: 8% - 35% = 5,2%. "O efeito é -2,59% com relação ao preço de janeiro, ou -1,23% em relação ao preço de abril", pondera o sócio da consultoria.

IPI
Fiat/Divulgação

Preços vão baixar com o IPI reduzido?

Para se ter ideia do impacto, a Fiat Strada Freedom cabine dupla 1.3, por exemplo, reduz o preço total em R$ 1.322 com a nova medida. Assim, essa versão do veículo mais vendido do Brasil poderá baixar de R$ 107.515 para R$ 106.193. Já no caso da Chevrolet S10, a diferença é maior e fica R$ 3.451 mais barata. Dessa forma, cai de R$ 283.030 para R$ 279.579 no modelo LTZ com cabine dupla e tração 4x4, um dos mais vendidos da picape feita em São José dos Campos (SP).


Ford é primeira a baixar preços

Nesta segunda-feira (2), a Ford anunciou redução de preços para três modelos da marca que se enquadram na categoria de "veículos de transporte de mercadorias". A marca reduziu em 0,8% o valor das picapes Maverick e Ranger Black, e da van/furgão Transit. A picape média Ranger Black, por exemplo, antes tinha tabela de R$ 220.490, e agora, com o aumento do IPI reduzido, sai por R$ 218.730. Já a Ranger Storm baixou de R$ 255.090 para R$ 253.050.

No caso da picape média-compacta Maverick, a redução de preço foi de R$ 235.190 para R$ 233.310. E a Transit Furgão, lançada em março a partir de R$ 239.900, agora começa em R$ 237.980.



"A medida objetiva estimular a economia, afetada pela pandemia, com a finalidade de assegurar os níveis de atividade econômica e o emprego dos trabalhadores. Dessa forma, espera-se promover a recuperação econômica do país", informa a Secretaria-Geral da Presidência da República. Com a medida, portanto, haverá impacto na arrecadação de R$ 15,2 milhões em 2022.


Cabe salientar, portanto, que a redução de 35% no IPI está concentrada nas picapes. Desse modo, para os demais veículos, nada muda em relação ao decreto 10.979. A medida permanece válida até o dia 31 de dezembro de 2026.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião