Você está lendo...
Jeep Renegade 2024 estreia na Europa mais tecnológico e híbrido
Notícias

Jeep Renegade 2024 estreia na Europa mais tecnológico e híbrido

Renegade tem novas versões e central multimídia maior e alta conectividade; Jeep ainda não revelou se modelos ficará mais caro

Thais Villaça, Especial para o Jornal do Carro

06 de fev, 2024 · 7 minutos de leitura.

Publicidade

Jeep Renegade 2024
Jeep Renegade 2024 traz nova central multimídia maior e mais moderna
Crédito:Jeep/Divulgação

Com quase 2 milhões de unidades vendidas em todo o mundo, o Jeep Renegade completa 10 anos de mercado na Europa (aqui, o SUV chegou um ano depois, em 2015). A partir deste mês, o modelo está disponível para encomendas no mercado europeu com algumas novidades na linha.



Além de novas versões, o Renegade recebe tecnologias mais modernas em termos de conectividade e serviços online. Há ainda duas opções de motorização híbrida, uma leve e outra plug-in. Ou seja, não há opções somente a combustão para o modelo já desde a linha 2023, contudo. Apesar das reservas abertas, os preços ainda não foram revelados, então não dá para saber se o veículo ficará mais caro com as novidades. No Reino Unido, por exemplo, o Renegade 2023 partia de 30 mil libras - pouco mais de R$ 187 mil na conversão direta.

Jeep Renegade 2024
Jeep/Divulgação

Publicidade


Novas versões para o Renegade

A linha 2024 do SUV compacto agora traz cinco versões. Desde a configuração de entrada, chamada apenas de Renegade, o modelo recebe o novo sistema multimídia, rodas de liga leve de 16” e motorização híbrida leve. Já a Altitude tem conjunto óptico Full LED, rack de teto e rodas aro 17, além de ar-condicionado digital e sensores de estacionamento. Também está disponível com conjunto híbrido plug-in.

Mais luxuosa, a Summit, por sua vez, vem com rodas de 18”, bancos dianteiros e volante com aquecimento e bancos de couro. Na Overland, voltada para a aventura, há rodas de 17” com pneus para neve e lama, para-choque off-road e retrovisores pintados de preto.

Por fim, a Trailhawk traz características para aqueles que querem enfrentar uma trilha mais pesada. Entre os itens exclusivos da versão estão os revestimentos internos de tecido mais resistente, placas de proteção para transmissão, suspensão, caixa de transferência e tanque de combustível, além das configurações Rock e Sport no seletor de modos de condução.


Jeep Renegade 2024
Jeep/Divulgação

Mais conectividade

Na parte de tecnologia, o destaque fica para a nova central multimídia, que chega a ser até cinco vezes mais rápida, de acordo com a Jeep. Isso se traduz em respostas instantâneas da tela sensível ao toque, cálculos de rota mais ligeiros e comandos de voz mais precisos, por exemplo. 

Além disso, as telas - que agora são FullHD - também ficaram cerca de 40% maiores. Agora, o sistema multimídia tem 10,1”, enquanto o painel de instrumentos chega a 10,25”. Outro destaque é a conectividade, com internet 4G, conexão para Apple CarPlay e Android Auto sem fio e capacidade de atualizações de sistema por meio da tecnologia Over-the-Air (OTA).


É possível ainda acessar serviços online diretamente da tela da central e controlar algumas funções do veículo por meio do aplicativo da Jeep. Assim, é possível travar ou destravar o carro e ligar as luzes, por exemplo, pelo celular. Por fim, o Renegade 2024 traz a Alexa como assistente de voz.

Jeep/Divulgação

Opções de motor

Há duas opções de conjunto híbrido para o Renegade: a e-Hybrid e a 4xe plug-in hybrid. A primeira é uma híbrida leve que consegue alternar automaticamente o uso do motor a combustão, o elétrico ou a combinação de ambos, levando em consideração a carga da bateria de 48V, as condições de direção em tempo real e outros parâmetros monitorados. 


A bateria é carregada por meio da regeneração das frenagens e desacelerações, e a eletricidade é usada para mover o carro na hora da partida, em baixas velocidades e manobras de estacionamento, por exemplo. O conjunto tem motor 1.5 turbo, que entrega 130 cv e 25,5 mkgf combinado ao sistema elétrico. Já o câmbio é automático de sete marchas.

A 4xe plug-in hybrid utiliza o motor elétrico para melhorar as capacidades off-road do veículo com o sistema de tração integral. De acordo com a montadora, o consumo pode chegar a 58,8 km/l. Na combinação com o 1.3 turbo (o mesmo do Renegade e outros carros da Jeep aqui no Brasil), a potência chega a 240 cv, e o torque, a 27,7 mkgf. Por fim, o câmbio é automático de seis marchas.

Jornal do Carro também está no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião