Você está lendo...
Ka, Onix e Sandero são os carros populares mais roubados em 2021
Mercado

Ka, Onix e Sandero são os carros populares mais roubados em 2021

Hatches da Ford e da Chevrolet são os mais cobiçados pelos bandidos de São Paulo; veja quais são os cinco carros mais roubados neste ano

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

24 de ago, 2021 · 6 minutos de leitura.

FORD KA
Segundo pesquisa, Ford Ka é o modelo mais roubados na cidade de São Paulo no primeiro semestre de 2021
Crédito:Divulgação/Ford

Os hatches mais vendidos do mercado brasileiro em 2020 são, neste ano, os mais visados pelos criminosos que circulam na capital paulista. Um levantamento feito pela empresa de rastreamento Carsystem traz os carros mais roubados durante o primeiro semestre de 2021 na cidade de São Paulo. A lista, composta por hatches compactos, mostra os 5 carros populares que tiveram mais registros de chamados nesse período.

De acordo com o índice, as ocorrências de roubos e furtos aumentaram em 15% no período em relação ao ano passado, com 1.600 chamados. Isso porque houve um aumento significativo na circulação de pessoas após a fase mais restritiva da pandemia da Covid-19.

No ranking, em primeiro lugar, está o Ford Ka, modelo que, curiosamente, saiu de linha logo após a virada do ano. Em seguida, o Chevrolet Onix, campeão de vendas dos últimos anos no Brasil, ocupa a segunda posição. Em terceiro, aparece o Renault Sandero, seguido por Volkswagen Gol e Hyundai HB20, com o quarto e o quinto lugares, respectivamente.


Onix mais roubados
Chevrolet/Divulgação

Mas não é só. O índice de furtos, quando os meliantes levam o carro do local sem uso de violência, mostra uma grande semelhança à lista dos mais roubados. Porém, o Onix é o favorito dos bandidos, seguido por Ka, Gol, Voyage, Sandero e HB20.

O estudo registra, ainda, um aumento de 5% nos roubos de carros na cidade. Além disso, mostra que houve crescimento de 10% nas ações de ladrões de carga. Ou seja, os roubos de utilitários como VUCs (veículos urbanos de carga), minivans e vans subiram com o aumento na demanda de entregas por logística ou e-commerce.


Zonas e horários com maior ocorrência

Assim como os veículos, o ranking revela os horários e lugares com maiores ocorrências de furtos e roubos. Segundo o sistema, o período de maior incidência é das 19h às 22h.

Já quanto à localização, a zona Leste da cidade de São Paulo é responsável por 37% dos chamados, com 339 solicitações. Em seguida, vem a zona Sul, que ocupa 26%, com 242 chamadas. Depois vem a zona Oeste, com 179 ocorrências e 20% do total, a zona Norte, com 97 chamados e 11%. E, por fim, o centro da cidade, que regista 7% com 60 registros.  



Levantamento Tracker/Fecap 2021

Outro levantamento recente que aponta os modelos mais desejados pelos bandidos foi feito pelo grupo Tracker, especialista em rastreamento, em conjunto com a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (Fecap). No entanto, nesta pesquisa, os dados são mais amplos e correspondem ao Estado de São Paulo.


Divulgada pelo Jornal do Carro, o índice mostra que, entre janeiro e março de 2021, houve 5 mil roubos e 13 mil furtos de veículos. Entre os modelos, o Chevrolet Onix e o Hyundai HB20 apareceram novamente como principais alvos dos criminosos.

Entretanto, o ranking também revelou veículos como Jeep Rengade e Toyota Hilux como carros que atraem os olhares dos bandidos. Além disso, outros SUVs muito vendidos no Brasil também estão classificados, como o Renault Duster e o Jeep Compass.

Jeep Coompass
Divulgação/Jeep Brasil

Da mesma forma, modelos caros e de luxo, como Audi Q3 e Volkswagen Tiguan, também constam no relatório. Já entre os veículos comerciais, estão Fiat Fiorino e Hyundai HR.

A relação mostra, ainda, os veículos mais furtados. Nela, aparecem usados como Chevrolet Corsa e Volkswagen Kombi, e os SUVs Ford EcoSport e Hyundai Tucson. Para fechar, entre os modelos 0-km, a lista tem Fiat Mobi, HB20 (de novo), bem como Tiguan e Hilux, além das picapes Chevrolet Montana e VW Saveiro, e a famosa Fiorino.

A pesquisa do grupo Tracker e da Fecap ressalta que, entre janeiro de 2019 e março de 2021, houve um total de 58 mil roubos e 129 mil furtos de veículos no Estado de São Paulo.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião