Kia mostra nova geração da minivan Carnival

Quarta geração da minivan tem visual moderno e pela primeira vez deverá oferecer uma opção de trem de força híbrido

carnival
NOVA GERAÇÃO DA KIA CARNIVAL Crédito: KIA

A Kia mostrou a quarta geração da minivan Carnival. O modelo adotou o visual renovado de outros modelos da marca, com a nova linguagem visual. Nos Estados Unidos, começa a ser vendido no final do ano. Por lá, inclusive, o modelo tem outro nome: Sedona.

A nova geração chega para substituir a terceira, que estava em produção desde 2014. Por mais que o modelo esteja mais moderno em termos de visual, é preciso lembrar que ele continua a ser uma minivan, então não abusou das linhas, já que a praticidade está no formato.

A dianteira está mais diferente. Além da grande maior e mais chamativa, tem os faróis de LEDs, mais finos e estreitos. Eles têm LEDs diurnos que se integram ao formato da grade, formando um conjunto bem interessante. Em um recorte interno na grade estão os fachos do farol alto. Na traseira, as lanternas basicamente se tornaram uma barra de luz que transpassa o logo da Kia. Na parte inferior, no para-choque há luzes de ré e de neblina.



Sem divulgar os números finais, a Kia apenas diz que aumentou o entre-eixos do modelo. A geração atual, ainda à venda no Brasil, tem 3,06 metros de entre-eixos. O comprimento total é de 5,11 metros. Como o SUV Sorento, a minivan traz as colunas A e B escurecidas, enquanto a C tem um acabamento cromado que destaca a última seção do veículo.

As motorizações também não foram divulgadas. Atualmente, o modelo aposta em um V6 3.3 que rende 276 cv. As apostas estão para a atualização com o V6 3.8 do Telluride, que rende 295 cv. Há a expectativa também por um conjunto híbrido. Ele é formado por um propulsor quatro-cilindros de 1,6 litro, turbo, associado a um motor elétrico. A potência combinada é de 277 cv e 35 mkgf.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Mercado de minivan morreu no Brasil

Se no Brasil o mercado de minivan desapareceu, ainda mais desses modelos de luxo, há espaço em outros Países, como Estados Unidos e também na própria Coreia do Sul, terra da Kia. No Brasil, em 2020, a Chevrolet Spin tem 5.135 unidades emplacadas em 2020. O segundo lugar é da Carnival com 52 unidades. A Chrysler Pacifica, sucessora da Town & Country, registrou um exemplar. Os dados são da Fenabrave, federação que reúne os concessionários.

carnival
KIA

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais