Kia Cerato 2020 surge na China, como K3

Novo Kia Cerato foi mostrado no Salão de Xangai, com o nome de K3. Sedã ostenta uma ampla grade frontal e terá versão híbrida

Kia Cerato K3
Crédito: Kia Cerato se chama K3 na China, e ostenta uma ampla grade frontal. No país asiático, sedã é feito por uma joint venture entre a Kia Motors e a Dongfeng. Foto: Kia/Divulgação

A Kia mostrou no Salão de Xangai, na China, o novo Cerato, que lá é chamado de K3. O sedã exibido no maior salão asiático, no entanto, foi concebido e desenvolvido especificamente para o mercado chinês.

A produção do modelo é feito pela DYK, uma joint venture entre a chinesa Dongfeng Yueda e a Kia Motors.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

+ Avaliamos o Kia Stinger

+ Conheça o Tracker chinês 

+ Novo Creta aparece em Xangai

O sedã deve chegar ao mercado chinês ainda neste semestre, oferecendo duas opções de motores a gasolina e um híbrido plug in. A Kia não forneceu muitos detalhes, mas, no que se refere à motorização a gasolina, um propulsor será 1.5 aspirado, enquanto o outro deverá ser um 1.4 turbo.

Em termos visuais, o novo Cerato chinês ostenta carroceria com vincos mais fortes, além de uma ampla grade frontal, com aletas verticais.

Durante a apresentação do sedã, Jay Yoon, vice-presidente da DYK, reforçou que “o K3 foi concebido e desenvolvido tendo em mente os motoristas chineses”. O executivo acrescentou ainda que o modelo é feito no país com as características desejadas pelos jovens chineses. “Com mais espaço e tecnologia do que nunca e um estilo deslumbrante, o K3 não representa apenas uma escolha racional, mas também um carro altamente desejável”.

Cerato vendido no Brasil será diferente

A Kia deverá trazer para o Brasil o novo Cerato no segundo semestre do ano. O sedã vendido aqui, no entanto, virá do México, como já ocorre com o modelo atual.

Uma fonte ligada à Kia Motors do Brasil confirma que o Cerato mexicano será diferente do K3 chinês. A informação coincide com as declarações vindas da China. Ou seja: o K3 chinês é um modelo destinado apenas ao enorme mercado local.

De acordo com essa fonte, o Cerato a ser vendido aqui receberá motor 2.0 flexível, possivelmente o mesmo do Sportage. No SUV, esse motor rende 167 cv (com etanol), o que deve resolver o problema de falta de potência do sedã. Atualmente, o 1.6 do modelo rende 128 cv.

Quanto ao estilo, o Cerato mexicano deve seguir a identidade do cupê esportivo Stinger. Assim, não espere a ampla grade frontal com aletas verticais do K3 chinês. É provável que o “nosso” Cerato ostente uma dianteira com grade no estilo “colmeia”, mais estreita.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas