Notícias

Lamborghini Countach LP 500 completa 50 anos como um esportivo a frente de seu tempo

Futurístico esportivo estreava há 50 anos no Salão de Genebra. Em duas décadas de produção, o Lamborghini representava o que havia de mais moderno e luxuoso

Emily Nery, para o Jornal do Carro

11 de mar, 2021 · 5 minutos de leitura.

Lamborghini Countach LP 500" >
Lamborghini Countach LP 500
Crédito:Divulgação/Lamborghini

Há exatos 50 anos, no Salão do Automóvel de Genebra um protótipo da Lamborghini ofuscava os principais lançamentos da indústria, cuja acabava de ingressar na década que seria abalada por crises de petróleo. No estande da Carrozzeria Bertone estava o Countach LP 500, que tinha como responsabilidade ser o sucessor do aclamado Miura. Muito mais do que isso, o disruptivo supercarro atraiu fanáticos e até hoje reúne fãs mundialmente.

O nome já indica um pouco do design diferentão, bem como a posição do motor da Lambo. O codinome LP indica a posição longitudinal (Longitudinale Posteriore em italiano) traseira na qual o enorme motor V12 ficaria alocado.

Lamborghini Countach LP 500
Divulgação/Lamborghini

Design disruptivo

No desenvolvimento das revolucionárias linhas, estava Marcello Gandini, do estúdio Bertone, o mesmo que desenhou o Miura. O Countach ficou caracterizado pelo perfil angular da baixa e larga carroceria. Assim, se destacavam também as entradas de ar laterais, caixas de roda assimétricos, um grande aerofólio e um para-brisa praticamente horizontal. Futurista, as portas no estilo tesoura criaram tendência até hoje, em modelos como BMW i8 e Koenigsegg Regera.

O poderoso trem de força V12 de 5 litros (4.971 cc) de até 440 cv a 7.500 rpm e 49,8 mkgf de torque a 5.000 rpm tracionava as rodas traseiras. Dessa forma, ele saía da inércia aos 100 km/h em 5 segundos e tinha velocidade máxima de 300 km/h. Mesmo sem a carroceria constituída da fibras de carbono, a primeira versão do esportivo tinha o peso parecido com de um Chevrolet Tracker: 1.130 kg

Lamborghini Countach LP 500
Embora muito famoso, Lamborghini produziu apenas 1.999 unidades do esportivo Divulgação/Lamborghini

Outra grande diferença deste carro diante dos demais carros da Lamborghini está no batismo. Enquanto os esportivos tinham nomes associados à touradas, o nome deste esportivo tinha origem no dialeto da região de Piemonte. O modelo ficou escondido em um galpão agrícola perto de Grugliasco (província de Torino). Foi quando, de acordo com a montadora, um fazendeiro local viu o carro e exclamou " Countach!" (contato, na tradução livre).

Lamborghini Countach LP 500
Divulgação/Lamborghini

Versão de produção surgiu só em 1974

Após o tremendo sucesso do LP 500 em Genebra, demorou cerca de 3 anos para a homologação do modelo de produção. Nesse ínterim, coube ao piloto de teste Bob Wallace utilizar o protótipo para testes de estrada. Por fim, durante os crash-tests os carros conceitos foram destruídos.

Esportivo apareceu no desenho "Os Simpsons"
Reprodução/IMCDB/Fox

Contudo, quando a versão de produção começou a ser fabricada, o Countach virou um ícone de sofisticação e design da década de 1970. Em cinco séries diferentes, a Lamborghini produziu 1.999 unidades do esportivo até 1990. Nesse meio tempo, o veículo foi coadjuvante em filmes e séries como Rocky 4; Quem não corre, voa; Top Gun e até os Simpsons.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se