Diego Ortiz

19/11/2020 - 5 minutos de leitura.

Lamborghini Huracán STO chega com motor V10 de 640 cv

Supercarro da Lamborghini é baseado no modelo de corrida Huracán Super Trofeo. É um dos poucos do mercado a manter motor V10 no mundo

Huracán
Lamborghini Huracán STO Crédito: Lamborghini/Divulgalção
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Lamborghini desnudou o Huracan STO para o mundo. O modelo já havia sido visto camuflado algumas vezes, mas só agora mostra sua verdadeira forma. E que forma. Para começar, o Super Trofeo Omologato (STO) é um dos poucos modelos no mundo a manter um tradicional motor V10. O dele é um 5.2 litros de aspiração natural que joga 640 cavalos para as rodas traseiras.

Já o torque é de 57,6 mkgf, menor que o do Huracán Evo, mas como ele tem 43 kg a menos (1.339 kg no total), sua aceleração é maior. Gerando uma marca de 0 a 100 km/h em 3 segundos e 0 a 200 km/h em 9 segundos, com velocidade máxima de 310 km/h.

“O Huracán STO oferece toda a emoção de um supercarro esportivo lindamente equilibrado, leve e aerodinamicamente superior, refletindo a sensação de direção e a alegria do Super Trofeo. E perfeitamente configurado para as pistas mais exigentes do mundo, mas criado para a estrada. As extensas soluções técnicas e inteligência adquiridas de nossos programas Super Trofeo e GT3 foram refinadas e incorporadas no Huracán STO, permitindo ao piloto sentir as emoções de uma corrida”, afirma o CTO da Lamborghini, Maurizio Reggiani.

De olho na Squadra Corse

Ao olhar para os modelos Squadra Corse em busca de inspiração, a montadora conseguiu maximizar o desempenho aerodinâmico no Huracán STO, de para-choque a para-choque. O capô, por exemplo, na verdade é um único componente (capô, pára-lamas e pára-choque) inspirado no Sesto Elemento. Há também um novo divisor dianteiro que direciona o fluxo de ar para a parte inferior da carroceria e para o difusor traseiro.

O novo pára-lama traseiro é derivado do Super Trofeo EVO, servindo basicamente como uma entrada de ar do motor. Permitindo uma redução de 30% nas perdas de pressão estática. O capô do motor traseiro, entretanto, apresenta um coletor de ar integrado e defletores de ar dedicados. Fora isso há asa traseira ajustável, novos dutos de resfriamento do freio dianteiro e freios Brembo CCM-R. Além da carroceria com 75% de sua composição em fibra de carbono.

A Lambo diz que o Huracan STO atinge o mais alto nível de downforce em sua classe com o melhor equilíbrio aerodinâmico para um carro com tração traseira. Em comparação com o Huracán Performante, esta nova versão tem 37% mais eficiência de fluxo de ar e 53% mais downforce.

A montadora também adicionou três novos modos de condução, que são STO, Trofeo e Pioggia. O modo STO é para dirigir na estrada, de leve, enquanto que o Trofeo se concentra em fornecer ao motorista todo o desempenho possível. Pioggia, que significa “chuva”, é para rodar controlado eletronicamente e sem se preocupar em perder o controle deste belezinha.

Huracán também encanta por dentro

Quanto ao interior, há amplo uso de fibra de carbono em toda a cabine, incluindo os bancos esportivos (fibra de carbono total), tapetes e painéis de portas. O estofamento é de Alcantara com detalhes azuis e o Carbonskin da Lamborghini – com direito a cintos de segurança de quatro pontos. No cluster, medidores têm novos gráficos e um sistema de telemetria totalmente conectado que permite monitorar e registrar o desempenho na pista.

A entregas do Lamborghini Huracán STO começam no próximo ano por 327.838 dólares, cerca de R$ 1,8 milhão.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais