Notícias

McLaren Sabre tem base do Senna, 835 cv e só será vendido nos EUA

McLaren Sabre foi criado pela divisão de veículos especiais da marca inglesa, a MSO, especialmente para os EUA devido a homologação

José Antonio Leme

31 de dez, 2020 · 3 minutos de leitura.

mclaren" >

A McLaren apresentou sua nova criação, esta destinada apenas aos Estados Unidos. O Sabre é um esportivo baseado no Senna que foi pensado pela divisão MSO da marca inglesa. O modelo estará restrito a terra do Tio Sam graças a uma série de alterações de design que as regras de homologação para outros mercados não permitem.

Entre as mudanças produzidas há uma nova dianteira e um novo spoiler frontal. Além disso, o capô é ventilado, os faróis são menores e os para-choques receberam uma espécie de “sobre para-choques”. Ele traz ainda novas saias laterais e as portas ao estilo “borboleta”.

MCLAREN

Na traseira está outra grande mudança. O modelo ganhou uma repartição na área central que se conecta ao aerofólio. O difusor traseiro também cresceu em relação ao do Senna e foi moldado ao redor da enorme saída de escapamento no centro. As rodas são de liga leve e os freios de alta performance, como se esperava.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Motor mais potente e máxima de 351 km/h

O motor V8 4.0 biturbo foi recalibrado para entregar 835 cv e 81,5 mkgf. Segundo a McLaren, isso permite que o carro atinja a velocidade máxima de 351 km/h. Isso faz dele “o McLaren de dois lugares mais rápido já produzido”. Ele fica acima do Elva em termos de potência.

Serão apenas 15 unidades produzidas, todas já vendidas para clientes norte-americanos, obviamente. Cada uma das unidades será personalizada “bem de perto” pelo cliente em parceria com os times de design, engenheiros e pilotos de teste da MSO. Isso garantiu, inclusive, uma visita dos compradores ao estúdio de design da McLaren e a pilotar um protótipo em um local fechado, na Califórnia, antes de assinar o cheque.

MCLAREN