Notícias

Mercedes-AMG GT 63 S 4Matic+ Carbon é lançado no Brasil

Por R$ 1,6 mi, superesportivo da divisão de alta performance da Mercedes-Benz se diferencia por pacote especial com peças em fibra de carbono; V8 tem 639 cv

12 de dez, 2020 · 3 minutos de leitura.

mercedes" >
Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+ 4-Türer CoupéMercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+ 4-Door Coupé
Crédito:Mercedes-Benz/Divulgação

Para a divulgação da chegada do Mercedes-AMG GT 63 S 4Matic+ Carbon ao Brasil, o press release da Mercedes-Benz ressalta que nesta sexta-feira (11), é comemorado o Dia do Engenheiro. Uma justa homenagem, pois, sem esses profissionais, o mundo sobre rodas, simplesmente, não existiria. Mas, já que existe, trabalho é o que não falta. E aqui, no concorrente do Porsche Panamera, houve uma verdadeira repaginada em nome do desempenho.

Recentemente, o modelo bateu recorde no circuito de Nürburgring (Alemanha). Isso se deve, inclusive, às soluções apresentadas pela marca. O destaque do esportivo disfarçado de sedã vai para o Pacote Carbono Exterior II. Nele, peças em fibra de carbono buscam redução de peso do modelo, que tem 2.120 kg. No mais, o trabalho, consequentemente, melhora a aerodinâmica e, claro, a performance.

mercedes
Mercedes-Benz/Divulgação

A fibra de carbono, todavia, reveste o aerofólio traseiro, as capas dos retrovisores, o teto e a tampa do motor deste grandalhão, de 5,05 metros de comprimento. Para grudar o carro no chão, a engenharia da fabricante apostou em soluções como otimização dos difusores dianteiro e traseiro e saídas de ar no para-choque traseiro. As rodas têm 21 polegadas.

Dados técnicos do novo Mercedes

O responsável por tirar o Mercedes-AMG GT 63 S 4Matic+ Carbon da inércia é o "Vêoitão" 4.0 de absurdos 639 cv de potência máxima - entre 5.500 rpm e 6.500 giros. O torque é de 91,7 mkgf, disponíveis já a partir das 2.500 rotações. Tudo é articulado pelo câmbio AMG Speedshift de 9 marchas.

mercedes
Mercedes-Benz/Divulgação

Com números tão altos, certamente você ficou curioso para conhecer os dados de desempenho. De acordo com a Mercedes-Benz, são apenas 3,2 segundos para que o novato atinja os 100 km/h. A velocidade máxima é de 315 km/h.

Mas, para ter isso tudo na garagem de casa, o interessado precisa desembolsar nada menos que R$ 1.683.900. O superesportivo, contudo, já está disponível para reservas em toda a rede de concessionários da Mercedes-Benz no Brasil.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se