Mercedes-Benz Classe E 2024
Mercedes-Benz/Divulgação

Mercedes-Benz E 300 2025 chega em versão mais barata

Lançado no Brasil em nova geração há cinco meses, sedã executivo emblemático da Mercedes perde equipamentos e reduz preço em R$ 61 mil

Por Thais Villaça 09 de jul, 2024 · 4m de leitura.

Dizer que o Mercedes-Benz E 300 ficou mais “barato” é um certo exagero, mas digamos que o sedã teve uma redução significativa no preço na linha 2025: R$ 61 mil. Quando a nova geração desembarcou no Brasil, em fevereiro, custava R$  639.900, mas cinco meses depois do lançamento, a nova configuração estreia por R$ 578.900, sempre na versão Exclusive. Mesmo assim, ultrapassa bem a marca de meio milhão de reais.

Mas não pense que a Mercedes ficou boazinha por baixar o preço. A verdade é que o modelo perdeu uma série de equipamentos para ficar mais “em conta”. Entre os itens que ficaram de fora estão o painel de instrumentos em 3D, o sistema de esterçamento do eixo traseiro e a suspensão a ar Airmatic, por exemplo. Antes de madeira, os revestimentos internos recebem detalhes com acabamento black piano.

Mercedes-Benz Classe E 2024
Mercedes-Benz/Divulgação

Como é o Mercedes E 300 Exclusive

Mesmo com a lista de série um pouco mais enxuta, o Classe E continua sendo um belo carro. Em sua 11a geração, o sedã motor 2.0 de quatro cilindros de 258 cv e 40,8 mkgf com sistema híbrido leve de 48V. Assim, recebe um “boost” de potência de até 23 cv e de 20,9 mkgf de torque em situações nas quais o carro é mais exigido, como em uma ultrapassagem, por exemplo. Já o câmbio é automático de nove marchas. Com essa mecânica, o E 300 acelera de 0 a 100 km/h em 6,3 segundos e atinge 250 km/h de velocidade máxima.

Por dentro, um dos destaques é o MBUX Superscreen, sistema que integra em uma peça única a central multimídia de 14,4″ a uma tela exclusiva de 12,3″ para o passageiro dianteiro. Por meio dela é possível controlar algumas funções do veículo, como o áudio. Já o painel de instrumentos é uma tela individual, diferentemente do MBUX Hyperscreen do sedã elétrico EQS, que integra as três telas.

Mercedes-Benz Classe E 2024
Mercedes-Benz/Divulgação

Na lista de equipamentos há sistema de som 4D da Burmester com 17 alto-falantes e 730W de potência, navegação com tráfego online, revestimentos de couro Nappa, assistente de estacionamento ativo e câmeras de 360o. Há até uma câmera no painel, chamada de selfie, em que os ocupantes podem tirar fotos e fazer vídeos no interior do carro, mas apenas quando ele estiver parado. Por fim, há sete sistemas de condução semiautônoma, entre eles ACC, frenagem de emergência e alerta de ponto cego com assistente de manutenção de faixa.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Mercedes-AMG G63 é o jipão dos sonhos para acelerar e ser visto

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.