Você está lendo...
Mini confirma novos Countryman SE ALL4 e Cooper S no Brasil
Notícias

Mini confirma novos Countryman SE ALL4 e Cooper S no Brasil

Mini importará Countryman elétrico de terceira geração e Cooper a combustão no segundo semestre deste ano; preços seguem em definição

Vagner Aquino, especial para o Estadão

30 de mai, 2024 · 4 minutos de leitura.

Publicidade

Mini
Terceira geração do Countryman tem motor elétrico e é produzida na Alemanha
Crédito:Mini/Divulgação

A Mini confirma o lançamento dos novos Countryman SE ALL4 e Cooper S no Brasil. Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (29), a marca inglesa promete iniciar as vendas dos novos modelos no início do segundo semestre.



De acordo com a fabricante, o Mini Countryman SE ALL4 chegará primeiramente na sua inédita versão 100% elétrica. O novato, que é o maior modelo oferecido pela Mini, cresceu consideravelmente em relação ao modelo anterior. Mede 4.433 mm de comprimento, 1.843 mm de largura e 1.656 mm de altura — é 130 mm mais longo e 60 mm mais alto do que seu antecessor.

Será o primeiro Mini fabricado na Alemanha. Sai das linhas de produção da fábrica de Leipizig, onde se baseia na nova plataforma do grupo, já adotada por elétricos da BMW. O modelo “oferece o mais alto nível possível de sustentabilidade na produção”, afirma Mike Peyton, vice-presidente da marca para a região das Américas.

Publicidade


Mini Countryman SE ALL4 (Mini/Divulgação)

Desempenho

Apresentado no Salão de Munique do ano passado, o novo Countryman – o segundo modelo totalmente elétrico da Mini – na versão SE ALL4 tem alcance (ciclo europeu WLTP) de 433 km. Para se mover, conta com dois motores elétricos (tração integral) que desenvolvem 308 cv e 50,4 mkgf de torque. Tais credenciais rendem aceleração de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos e 180 km/h de velocidade máxima. Capacidade da bateria: 64 kWh.

Mini
Countryman SE ALL4 tem tela central redonda (Mini/Divulgação)

Por dentro, vem com painel curvo com superfícies têxteis e tela central OLED, em formato redondo, com 10″. Com espaço para cinco pessoas, o tem fileira traseira de bancos ajustável. Isso visa aumentar o espaço para as pernas dos passageiros do banco de trás ou a capacidade do porta-malas – de 460 litros.

Cooper S

Além disso, a marca também terá opções com motor a combustão no portfólio. No caso, o Cooper S. O hatch, que foi apresentado no início de fevereiro, mas entrou em produção na fábrica de Oxford (Inglaterra) nesta semana, tem visual renovado, e inspiração no modelo elétrico, de 2023.

nova geração do mini cooper S
Cooper S (Mini/Divulgação)

São, no total, duas opções de motorização: 2.0 turbo de 204 cv, bem como o 1.5 turbo de três cilindros e 156 cv. Por dentro, assim como o novo Mini Countryman, o Cooper vem com tela central com sistema OLED (redonda, com 240 milímetros de diâmetro) e painel de duas cores. Ademais, novo volante e teto panorâmico também fazem parte do pacote.

Mesmo cravando a previsão de chegada às lojas, os preços dos modelos ainda não foram revelados pela Mini.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião