Você está lendo...
Mitsubishi ASX ganhará nova geração sobre plataforma da Renault
Notícias

Mitsubishi ASX ganhará nova geração sobre plataforma da Renault

SUV vai usar a CMF-B, mesma arquitetura da Captur, e chegará completamente renovado e eletrificado no ano que vem

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

03 de fev, 2022 · 3 minutos de leitura.

Mitsubishi
Teaser do Mitsubishi ASX foi apresentado durante conferência da alinaça Renault-Nissan-Mitsubishi
Crédito:Mitsubishi/Divulgação

Com o anúncio dos planos da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, feito no fim de janeiro, surgem as primeiras informações práticas de como as novas diretrizes vão impactar nos veículos das marcas. Faz alguns meses, o Jornal do Carro antecipou que os próximos carros da Mitsubishi terão a plataforma Renault-Nissan. Nesse sentido, o ASX será um dos primeiros modelos da nova fase da Aliança.

Mitsubishi
Mitsubishi/Divulgação

O SUV - que foi feito no Brasil ao longo da última década até ser rebatizado como Outlander Sport - vai renascer sobre a base do Renault Captur europeu. O modelo, no entanto, difere do SUV vendido no Brasil.


A estreia do novo Mitsubishi ASX, a princípio, é esperada já para 2023. Dentre as novidades, versões eletrificadas não poderiam ficar de fora.

Mitsubishi/Divulgação

A ideia, de acordo com o grupo, é fortalecer a presença da Mitsubishi no mercado europeu. Por lá, a marca vai lançar, ainda, um modelo inédito. Este, entretanto, ainda um mistério - estava coberto por uma capa durante a apresentação, conforme imagem acima.


Detalhes do ASX 2023

Exibido apenas por meio de teaser, o novo ASX não teve muitos detalhes revelados. Apenas é possível notar (pela imagem) que o modelo chegará 100% renovado. Na parte da frente, detalhes cromados ladeiam o símbolo da marca e há faróis iluminados por LEDs. Sem imagem traseira, nota-se, portanto, apenas o formato avantajado dos para-lamas e o teto inclinado em direção a parte traseira. Mas, provavelmente, não deve se transformar em SUV-cupê.

Até o momento não se sabe se o modelo terá versões híbridas ou elétricas. Entretanto, é certo que terá algum tipo de eletrificação, afinal, em breve a Europa vai banir modelos 0-km com motor 100% a combustão. Isso mesmo, Europa! Afinal, o modelo da fabricante japonesa será feito na plataforma modular CMF-B da fábrica espanhola da Renault - a mesma do primo Captur. Frutos da globalização.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Mitsubishi L200 Triton Sport GLS
Oferta exclusiva

Mitsubishi L200 Triton Sport GLS