Emily Nery, para o Jornal do Carro

08/04/2021 - 5 minutos de leitura.

Modelos importados registram queda de 16% no 1º trimestre; veja ranking do mais vendidos

Abeifa defende a redução dos impostos de importação para montadoras sobreviverem no país. Previsão é vender 27 mil unidades de modelos importados

abeifa
Volvo XC40 foi o carro importado mais vendido em março entre as associadas da Abeifa Crédito: Volvo/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Na última terça-feira (6), a Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa), divulgou o balanço de vendas dos modelos importados no 1º trimestre. Embora março tenha registrado um aumento de 17,1% em relação a fevereiro, as vendas do primeiros três meses do ano relataram queda de 16,1% em comparação ao mesmo período de 2020.

Juntas, as quinze marcas filiadas à Abeifa, das quais quatro produzem no Brasil, licenciaram 5.887 unidades em março. Desse total, 2.159 unidades foram importadas e 3.728 veículos são de produção nacional.

Cabe destacar o crescimento nas vendas das produtores nacionais. Em março, elas subiram 54,4% em relação ao mês anterior e aumentaram 37,4% em relação a março de 2020.

Volvo XC90 VolvoLovers
Os três SUVs da Volvo estão entre os 10 importados mais vendidos no Brasil em março Volvo/Divulgação

Somando os veículos importados e produzidos no Brasil, 15.053 unidades foram licenciadas no primeiro trimestre. Esse número é 1,7% menor do que no mesmo período em 2020, quando foram foram registradas 15.321 unidades.

Contudo, se contarmos somente com modelos estrangeiros, a queda foi mais acentuada – de 7.170 no ano passado para 6.013 no último trimestre. Ou seja, um déficit de 16,1%.

Entraves para o crescimento

Todavia, o cenário ainda é muito incerto. De acordo com o presidente da entidade, João Henrique Oliveira, a perda cambial, o desabastecimento e a pandemia ainda são os principais problemas das associadas importadoras da Abeifa.

Durante a coletiva, o executivo enfatizou mais uma vez a necessidade do governo reduzir os imposto de importação. “O ideal é passar dos 35% atuais para 20%. A gente sabe o quanto isso é importante para um setor que está penalizado com a desvalorização da moeda”, afirma. João ainda enfatizou que esse fator determinará a sobrevivência de algumas marcas no país.

Ainda de acordo com o presidente, a expectativa de venda para esse ano é de 68 mil veículos e vê uma queda drástica na participação de modelos importados. Desse total, os veículos vindos de fora deverão vender cerca de 27 mil, número ainda menor do que o registrado em 2020, de 27.421 unidades.

Dentre as associadas, a Abeifa conta com montadoras como BMW, Land Rover, Volvo, Porsche, Caoa Chery, BYD, Mini e Suzuki, por exemplo. Destas, portanto, algumas importam e produzem modelos em solo brasileiro, como é o caso da BMW.

Volvo e Porsche crescem até 90%

Do segundo para o terceiro mês do ano, duas importadoras aumentaram massivamente o volume de vendas. A Porsche cresceu 90% e foi de 200 unidades licenciadas em fevereiro para 380 unidades em março. Enquanto isso, a Volvo comercializou 89% mais veículos no último mês – foram 727 licenciamentos ante a 385 unidades em fevereiro.

Caoa Chery Tiggo 5X foi o modelo nacional mais vendido entre as associadas da Abeifa MODELOS
Caoa Chery Tiggo 5X foi o modelo nacional mais vendido entre as associadas da Abeifa Divulgação/Caoa Chery

Caoa Chery se destaca entre as nacionais

Da mesma forma, o comércio dos veículos nacionais também aumentou. A Caoa Chery, por exemplo, elevou o volume de vendas em 49% e subiu de 1.648 unidades em fevereiro para 2.453 em março. Impulsionada pelo aumento na procura do Série 3, a BMW também teve um mês positivo e amplificou suas vendas em 50%.

Veja a seguir os 10 modelos importados mais vendidos no 1º trimestre:

  1. Volvo XC40 – 815 unidades
  2. Volvo XC60 – 648 unidades
  3. Land Rover Evoque – 410 unidades
  4. Kia Soul – 309 unidades
  5. Kia Bongo – 299 unidades
  6. Kia Cerato – 236 unidades
  7. Land Rover Defender – 217 unidades
  8. Volvo XC90 – 193 unidades
  9. Porsche 911 – 180 unidades
  10. Porsche Macan – 179 unidades


Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais