Você está lendo...
Montadoras confirmam cancelamento do Salão do Automóvel
Mercado

Montadoras confirmam cancelamento do Salão do Automóvel

Associação das fabricantes de veículos anunciou a decisão de cancelar o Salão do Automóvel, que já foi oficializada junto às matrizes

Diego Ortiz; Tião Oliveira e Hairton Ponciano

06 de mar, 2020 · 4 minutos de leitura.

carros
Estande da BMW no Salão de São Paulo de 2018: última edição da feira teve recorde de público
Crédito:SERGIO CASTRO/ESTADÃO

O Salão do Automóvel de São Paulo está cancelado em 2020. A Anfavea, associação de fabricantes de veículos, confirmou a decisão na manhã de hoje (6). A notícia já havia sido antecipada pelo Jornal do Carro.

CURTA O CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Segundo o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, "a realização do Salão do Automóvel de 2020 foi adiada para 2021. Mas não sabemos quando e nem como será". A decisão foi unânime entre todas as marcas e já foi formalizada junto a OICA, a Anfavea mundial.


Um fonte havia dito para o JC que as marcas estavam descontentes não apenas com os preços cobrados pela Reed Exhibitions Alcântara Machado, organizadora do evento. Mas também pela estrutura. ?O local é bom. Mas o acesso é péssimo, e causa congestionamento na estrada (Rodovia dos Imigrantes) para quem quer chegar de carro.?

Para defender o adiamento do Salão, a Anfavea mostrou alguns números. O custo estimado das montadoras presentes varia de R$ 250 milhões a R$ 300 milhões, com retorno de 750 mil visitantes, mídia espontânea e uma boa imagem para o setor. Porém, sem mensurar o impacto de vendas indireto. Já que o direto não é possível ser feito no evento. Esta é a principal reclamação das marcas.

Fora isso, também foi salientado pela associação que eventos deste tipo são muito importantes, sobretudo para as cidades onde ele acontece. O que sugere que um apoio da prefeitura de São Paulo deverá ser aventado no futuro. O retorno para cidade apresentado é de R$ 320 milhões e a geração de cerca de 30 mil empregos.




É o segundo salão cancelado este ano

Este é o segundo segundo grande evento automotivo cancelado este ano. O primeiro foi o Salão de Genebra, na Suíça. Um dos mais importantes do mundo. Que abriria as portas no dia 5, mas que foi cancelado pelo governo suíço. O país europeu proibiu aglomerações com mais de mil pessoas por causa do coronavírus. O anúncio foi feito na sexta-feira passada, dia 28 de fevereiro.

Além deles, o pequeno Salão de Bucareste, na Romênia, também foi cancelado e há mais dois adiados. Um médio, em Bangcoc, na Tailândia, berço de apresentação de novas picapes, e o gigantesco Salão de Pequim, na China. Ambos por causa do coronavírus.


Deixe sua opinião