Você está lendo...
Nova geração da Ford Ranger chega ao Brasil com visual da F-150
Mercado

Nova geração da Ford Ranger chega ao Brasil com visual da F-150

Apresentada pela primeira vez no País, nova geração da Ranger estreia com visual moderno, mais equipada e com novo motor V6 3.0 turbo diesel

Andrea Ramos, De Ribeirão Preto, especial para o Jornal do Carro

01 de mai, 2023 · 5 minutos de leitura.

Publicidade

Ford Ranger Limited 2023
Ranger tem capacidade de carga de 1.037 kg na versão XLT e 1.033 kg na Limited
Crédito:Leo Souza/Estadão

A nova geração da Ford Ranger chega ao mercado brasileiro a partir do segundo semestre. Mas a primeira aparição pública da picape na região da América do Sul ocorreu na manhã desta segunda-feira (1º de maio) durante a abertura da Agrishow 2023. A maior feira do setor de agronegócio no País é direcionada à inovação e tecnologias, e acontece até sexta-feira (5), das 9h às 18h, em Ribeirão Preto, no interior paulista. 

Agrishow 2023: nova Ford Ranger já está no Brasil

Seja como for, a Ford não deu muitas informações sobre a nova Ranger. Mas sua identidade visual remete à irmã maior F-150, bem como a menor Maverick. Destaque para os faróis e a grade dianteira, bem como as lanternas com características das demais linhas da família.

Publicidade


Do mesmo modo, a nova geração deve herdar tecnologias hoje presentes apenas na F-150. Uma delas é o sistema Sync 4. Trata-se do mais atual multimídia da Ford com tela 12" de alta resolução e com processador mais rápido. Sendo um dos diferenciais poder dividir a tela e controlar várias funções de forma simultânea. Como aplicativos de música e GPS, entre outros.

Ford Ranger XLS 2024
Ford/Divulgação

Versões da nova Ford Ranger

A Ranger exposta na Agrishow 2023 é a versão Limited, ou seja, a topo de linha da picape. O veículo exibe o símbolo V6 cromado nas laterais, além de outros detalhes (também cromados) comuns nessa opção. Há ainda os faróis full-LEDs e as rodas de 18 polegadas.


Além disso, a Ford adiantou que a Ranger Limited vai estrear no Brasil com um novo motor 3.0 turbo diesel de 250 cv de potência. Ele trabalha conectado ao câmbio automático de 10 velocidades. Com isso, a atual versão 3.2 V6 deixa de ser fabricada na nova geração. Ademais, no mercado global, a Ranger conta com o motor 2.0 turbo diesel nas configurações de 150 cv e 170 cv. Enquanto que as versões intermediárias têm o propulsor 2.0 biturbo diesel de 210 cv.

Contudo, estima-se que as gamas XL de entrada e XLT intermediária sejam mantidas. Assim como ocorre nos demais países em que a picape está disponível. Mas, de acordo com o gerente de marketing da Ford, Dennis Rossini, a Ranger poderá chegar com novos equipamentos. Além disso, a XL deve oferecer rodas de aço, para-choques pretos e bancos de tecido. Ou seja, vai atender o cliente de frota comercial. Já a Ranger XLT deve chegar com para-choque na cor da carroceria, assim como com rodas de liga leve e o acabamento mais sofisticado e multimídia.

Ford F-150 Raptor
Painel da nova Ranger Raptor 4x4 (Divulgação/Ford)

Novo modelo de produção

A nova geração da Ranger que chegará ao Brasil é exatamente a mesma já lançada na Europa e na Austrália. Nesse sentido, vale ressaltar que as primeiras unidades começaram a ser produzidas na fábrica de Pacheco, na Argentina.

A planta recebeu investimentos na ordem de US$ 660 milhões, aplicados na atualização completa da fábrica de General Pacheco. Assim, entre as novidades está a introdução da tecnologia de produção 4.0. Ou seja, a Ranger passa a ser feita sob o conceito da conectividade e digitalização. Dessa forma, tem maior monitoramento dos processos com informações em tempo real para garantir qualidade e produtividade.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Ford F-150 tem sistema para manobrar reboques e trailers com botão no painel

Deixe sua opinião