Novo BMW Série 1 quebra padrão e adota tração dianteira

Terceira geração do BMW Série 1 acaba de ser revelada

série 1
TERCEIRA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 1 Crédito: BMW/DIVULGAÇÃO

A BMW divulgou as primeiras imagens e informações sobre a nova geração do Série 1. O hatch médio chega à terceira geração aposentando a tradicional tração traseira. O sistema agora é dianteiro.

O novo padrão surge pelo uso da plataforma UKL, a mesma dos SUVs X1 e X2. Além disso, a solução reduz custos de produção e manutenção do modelo, pois há menos peças móveis. Em relação à antiga geração, a BMW informa que há mais espaço interno.

Para quem vai atrás há mais espaço para a cabeça (19 mm), para as pernas (33 mm) e também para os ombros (13 mm). O porta-malas ganhou 20 litros e agora oferece 380 litros. Com os bancos traseiros rebatidos, chega a 1.200 litros.

No visual, é perceptível a semelhança com o “irmão” X2. O modelo traz linhas bem parecidas no geral. A grade dianteira ficou maior e o duplo rim (que é uma marca registrada da frente dos carros da BMW) ganhou contornos hexagonais. Os faróis estão mais angulosos e posicionados de maneira diagonal.

série 1
BMW/DIVULGAÇÃO

Pela primeira vez, o Série 1 é oferecido com teto solar panorâmico como opcional. O painel de instrumentos tem tela virtual de 10,25 polegadas e outra na mesma medida para a central multimídia. O head-up display tem área de projeção de 9,2 polegadas.

O Série 1 oferece ainda alerta de colisão e de pedestre com frenagem de emergência e sistema de alerta de saída de faixa com função de correção de trajetória no volante.

Há também controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e alertas de colisão traseiro e de tráfego cruzado. Outros itens que a BMW coloca à disposição são câmera de ré, auxílio ao estacionamento e sensor de obstáculos.

série 1
BMW/DIVULGAÇÃO

Mecânica do novo Série 1

O novo Série 1 será lançado com duas opções de motor a gasolina e três a diesel. No primeiro grupo, há o 1.5 três-cilindros turbo, que rende 142 cv e 22,4 mkgf. Ele equipa a versão 118i. A outra opção é o quatro-cilindros de 2 litros turbo, que entrega 310 cv e 45,8 mkgf, disponível no 135i xDrive.

A diesel há o 116d, o 118d e o 120d xDrive, todas turbo. A 116d tem um 1.5 de três cilindros e 118 cv, enquanto a 118d e a 120d trazem um quatro-cilindros de 2 litros, com potências de 152 cv e 192 cv, respectivamente.

A transmissão para as versões 118i, 116d e 118d, de série, é a manual de seis marchas. Para a 116d e a 118i, há como opcional o automatizado de sete marchas e dupla embreagem. Extra no 118d e de série nos 120d xDrive e 135i xDrive há o automático de oito velocidades.

série 1
BMW/DIVULGAÇÃO


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas