Chery Tiggo 8
Autoindrustriya/Reprodução

Novo Chery Tiggo 8 é registrado no Brasil com visual mais moderno

Desenhos industriais do Tiggo 8 reestilizado surgem no Brasil antes da estreia do SUV híbrido com produção nacional

Por Thais Villaça 12 de jun, 2024 · 4m de leitura.

Apresentado de cara nova no Salão de Pequim (China), em abril, o Chery Tiggo 8 já teve patentes registradas no Brasil. Desenhos do SUV foram publicados na revista do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) na última terça-feira (11).

Conforme as imagens, é possível notar que se trata do carro reestilizado graças a detalhes como a grade mais fechada. A peça lembra até a de modelos eletrificados e também foi vista recentemente no novo Tiggo 5x. Seu estilo em padrão de malha metálica, contudo, é mais esportivo que a grade do Tiggo 9, por exemplo, que tem formato de diamante.

Entretanto, isso não significa que esse será o visual do Tiggo 8 PHEV nacional, que será feito na fábrica da Caoa em Anápolis (GO) ainda neste ano. O primeiro híbrido plug-in produzido no País ainda não deverá trazer as mudanças do SUV revelado na China.

patentes Tiggo 8
Inpi/Reprodução

Como é o novo Tiggo 8

Mesmo que essa versão ainda são seja a que estreia em breve no Brasil, o Tiggo 8 eventualmente deve receber essas atualizações. O visual tem como inspiração o do irmão maior, o Tiggo 9. Entre as diferenças estão as novas rodas multirraiadas, maçanetas embutidas, pintura preta no teto, lanternas com formato diferente, detalhes externos com acabamento black piano e novos protetores nas portas.

Por dentro há um novo console central, um seletor giratório para o controle do multimídia de 15,2” e carregadores de celular por indução. O ar-condicionado tem uma tela exclusiva para os ajustes. Teto solar panorâmico, bancos dianteiros com aquecimento, ventilação e função memória, novos revestimentos internos e conectividade sem fio fecham as novidades da cabine. 

Na China, o Tiggo 8 pode receber motor 1.6 turbo de 197 cv e 29,6 mkgf ou 2.0 turbo  de 254 cv e 39,8 mkgf. Por fim, há uma opção híbrida com o mesmo conjunto brasileiro, que combina o 1.5 turbo a um elétrico para gerar 317 cv e 56,6 mkgf de torque combinados. Esse será o carro feito aqui, inclusive.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Como é acelerar o novo Ford Mustang GT Performance
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.