Emily Nery, para o Jornal do Carro

05/02/2021 - 4 minutos de leitura.

Novo Hyundai Creta chega ao Brasil no começo do 2º semestre com desenho polêmico

Modelo deverá chegar entre agosto e setembro com opção de motor 1.0 turbo do HB20. Traseira do Creta muda completamente e altera disposição das lanternas

Hyundai Creta chinês
Hyundai Creta chinês Crédito: Divulgação/Hyundai
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Foi em 2019 que a nova geração do Hyundai ix25 surgiu no Salão de Xangai na China. Derivado da base do Creta, o irmão chinês será referência da nova geração do SUV brasileiro. Que, por sua vez, deve ser apresentada no Brasil logo no começo do segundo semestre deste ano.

O lançamento do modelo deverá acontecer no mesmo mês da apresentação da atual geração do HB20, ou seja, em setembro. Procurados pelo Jornal do Carro, os concessionários informaram que é certo que o veículo chegará no segundo semestre. Todavia, alguns não souberam informar especificamente o mês e outros afirmaram que poderia vir em agosto ou em setembro.

Hyundai Creta chinês
Versão chinesa do Creta chama-se ix25 Divulgação/Hyundai

Vale enfatizar que o design do ix25 é polêmico. A empresa, entretanto, fez algumas leves alterações no produto para oferecê-lo no mercado indiano, onde é o carro chefe da Hyundai. Ou seja, devemos receber o desenho controverso virá de qualquer maneira.

Por outro lado, uma mudança significativa no produto vendido nos dois mercados é a central multimídia. Enquanto no mercado chinês a tela é vertical (como um tablet) e se integral ao console, na Índia ela é horizontal e ainda apresenta alguns botões de comando.

Interior do Hyundai Creta chinês
Central multimídia se integra ao console central Divulgação/Hyundai

Motor 1.0 turbo de HB20

A novidade para o Creta brasileiro ficará por conta da adoção do motor 1.0 turbo do HB20, que gera até 120 cv e 17,5 mkgf com etanol. Ele será acoplado ao mesmo câmbio do hatch, manual ou automático de seis marchas. Hoje, o SUV utiliza os motores 1.6 Gamma de 130 cv a etanol e 6,5 kgfm, além do propulsor 2.0 Nu de 166 cv de potência no etanol e 20,5 kgfm de torque. É provável que ao menos uma dessas opções de trem de força sigam na linha 2022.

Em 2020, o Creta foi o quinto SUV que mais emplacou no Brasil com 47.757 unidades segundo a Fenabrave. Contudo, ele já atingiu a vice-liderança em 2018, quando vendeu quase 49 mil unidades.

Creta indiano
Creta indiano troca desenhos chineses das rodas e da grade, por exemplo Divulgação/Hyundai

Dessa forma, é um bom momento para a chegada da segunda geração, tendo em vista que o Brasil receberá produtos que, diretamente ou indiretamente, podem roubar a parcela do mercado do SUV compacto. Entram na lista, o Volkswagen Taos, Toyota T-Cross, Nissan Kicks e Jeep Compass, por exemplo.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se


Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais