Você está lendo...
Novos Niro e Sportage, SUV elétrico e mais: Kia confirma lançamentos para 2022
Lançamentos

Novos Niro e Sportage, SUV elétrico e mais: Kia confirma lançamentos para 2022

Kia investirá pesado no lançamento de modelos eletrificados e trará ao País os híbridos Sportage e Niro, além do elétrico EV6, e o Seltos, primo do Creta

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

26 de nov, 2021 · 9 minutos de leitura.

Kia
Kia Niro é uma das promessas da marca sul-coreana no segmento de híbridos
Crédito:Kia/Divulgação

Sem muita representatividade no Brasil - salvo quando vendia o Sportage e o Cerato como água -, a Kia vem apostando forte na eletrificação. A marca, inclusive, promete não deixar o Brasil de fora prevê a chegada de quatro novos modelos ao País ainda em 2022. Na entrevista coletiva para o lançamento do SUV híbrido Stonic, o presidente da companhia, José Luiz Gandini, revelou a chegada de Sportage, Seltos, EV6 e Niro, que acaba de ser apresentado na China.

A previsão de chegada do Niro no Brasil era para este ano. Afinal, o modelo já está em fase de homologação há quase seis meses por aqui (tempo médio do procedimento) e até aparece na lista do Inmetro por meio do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV). Entretanto, chegou aí uma nova geração, apresentada nesta quinta-feira (25) no Salão de Mobilidade de Seul (China). Logo, o modelo foi protelado para o ano que vem.

Com três versões de motorização (não detalhadas pela marca até o momento), o novíssimo Niro se dividirá em híbrido (HEV), híbrido plug-in (PHEV) ou elétrico (EV). Esta última, no entanto, está descartada dos planos da marca no Brasil, ficando restrita aos mercados de Ásia, Estados Unidos e Europa. A ideia é concorrer com modelos do naipe de Toyota Corolla Cross. Ainda não se têm ideia de preços, portanto, até o Volvo XC40 Recharge pode estar na mira do novato.


Visual arrojado e foco em sustentabilidade

O modelo, a princípio, chamou a atenção pelo design. Baseado no conceito Habaniro (2019), o estreante segue a linha "nariz de tigre". Os paralamas são robustos e, na parte frontal, tem contornos dos faróis iluminados por LEDs.

Kia/Divulgação

Atrás, as lanternas posicionadas na vertical fazem vizinhança com a janela traseira. Entretanto, o que chama atenção é a cor contrastante que pega desde a coluna C até o paralama traseiro - como uma espécie de pilar. Por dentro, nada de simetria. Tudo é desforme, inclusive a tela central e o painel de instrumentos digital - unidos por uma só peça.


Kia
Kia/Divulgação

Feito com boa dose de materiais reciclados (o forro do teto, por exemplo, é de papel de parede reciclado), o Niro deixa claro seu apelo verde. E não estamos falando apenas dos tipos de motorização. Até mesmo a própria tecnologia embarcada do carro tem apelo sustentável.

Para se ter ideia, o "Green Zone Drive" (que, em português, significa Condução em Zonas Verdes) possibilita que as versões híbridas do Niro trafeguem por áreas residenciais, escolares ou hospitalares apenas com o uso do motor elétrico. Como ele sabe? Com base em dicas da navegação GPS (de série) e por meio de dados do histórico de direção. A casa e o local de trabalho do proprietário, por exemplo, ficam registrados como "zonas verdes" no sistema do carro.


Sportage

Embora esteja bem longe do sucesso de outrora, o Sportage também promete novidades em sua quinta geração. Com chegada prevista para julho, o modelo se destaca pelo conjunto híbrido, que une o motor 1.6 turbo (movido a gasolina) de 150 ou 179 cv a uma unidade elétrica de 48V. Assim, caracteriza-se como híbrido-leve.

Tem, ainda, uma outra opção de motorização: 1.6 + elétrico com potência total de 230 cv. Tem até híbrido plug-in (carrega na tomada). A versão que vem ao País, entretanto, não foi detalhada pelo executivo. O câmbio sempre será automatizado de 7 marchas.

Kia
Kia/Divulgação

Em relação ao estilo, o Sportage é marcado pelo mesmo conceito "nariz de tigre", praxe nos novos modelos da marca. Os faróis têm estilo ousado e o conjunto ótico traz dois bumerangues iluminados por luzes de LEDs estreitos e curvados. A traseira alta e robusta tem lanternas unidas em peça única, que percorre toda a tampa do porta-malas.

Sobre a parte de dentro do carro, ainda não há informações técnicas disponibilizadas pela Kia, entretanto, informações apontam que o tamanho das duas telas full HD (para multimídia e painel de instrumentos) é de 12" cada. Novas tecnologias de assistência à condução, como frenagem automática de emergência e assistente de faixa, estarão no pacote. Já como linha 2023, o Sportage disputará mercado com outros SUVs médios, como Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos.

EV6 e Seltos

Para fechar a lista - afinal, a marca precisa ter um carro de imagem -, destaque para a chegada do EV6. Com estreia programada para maio, o crossover - feito sobre a plataforma E-GMP do Hyundai Ioniq 5 - é o primeiro de uma fila de 11 elétricos que a marca lançará nos próximos 5 anos.


Kia EV6
Kia/Divulgação

O primeiro Kia 100% elétrico, lançado recentemente, tem visual arrojado e opções de tração traseira ou integral e motores de 230 cv ou 325 cv. Por meio de baterias de íons de lítio de 77,4 kWh, promete autonomia máxima de 520 km.

Por dentro, tem painel moderno, com uma grande tela curvada para a multimídia. O visor é voltado ao motorista e fica unido à outra tela de alta definição, posicionada atrás do volante - à lá Mercedes-Benz - que serve como painel de instrumentos.


Seltos
Kia/Divulgação

Por fim, quem também vai dar o ar da graça por aqui é o Seltos. O SUV, portanto, chega para brigar com os utilitários compactos convencionais. Feito na mesma plataforma do Hyundai Creta, tem opções de motores 1.6 turbo (180 cv) e 2.0 aspirado (150 cv). Resta saber se repetirá o sucesso do primo ou se será necessário, assim como fez a Hyundai, investir num marketing mais pesado para cair nas graças do público.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se