Hairton Ponciano

23/12/2019 - 4 minutos de leitura. Atualizado: 22/12/2019 | 11:48

O Ford Fusion desapareceu das lojas

A Ford informa que o Fusion continua à venda, mas ele não é mais encontrado facilmente nas concessionárias

Ford Fusion
O Ford Fusion é confortável, potente e elegante, mas o sedã mexicano desapareceu das lojas, e se tornou mais uma vítima dos SUVs Crédito: Felipe Rau/Estadão
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Oficialmente, o Ford Fusion está à venda. Pelo menos, essa é a informação da empresa. Mas encontrar um exemplar do sedã produzido no México não é fácil. Ligamos para algumas concessionárias da marca em São Paulo e nenhuma tem o carro para vender.

Na Sonnervig (na zona sul da capital), um dos mais tradicionais revendedores da marca, a vendedora disse que há pelo menos seis meses não vê nenhum Fusion novo entrar no showroom. O modelo também não estava disponível na concessionária Souza Ramos (zona leste) e na Caoa (zona sul). Houve quem oferecesse um exemplar seminovo, para tentar compensar a falta de um zero-quilômetro no estoque.

Na Studio Sumaré (zona oeste), o vendedor informou que também não tem o sedã. De acordo com ele, a revenda tem priorizado os modelos de “giro” mais rápido, caso de Ka, EcoSport e Ranger. O compacto Ka, a propósito, é o segundo automóvel mais vendido do País. No acumulado deste ano, até novembro, foram emplacadas 95.411 unidades do modelo, de acordo com os dados da federação que reúne as concessionárias, a Fenebrave. Já o Fusion, no mesmo período, teve apenas 820 unidades vendidas, segundo os números da mesma associação. Em outubro, foram vendidos 27 modelos, e no mês passado, somente 12, o que evidencia a trajetória descendente do sedã.

Para se ter uma ideia, atualmente o sedã mexicano vende menos que o esportivo Mustang, um modelo claramente de nicho de vendas. Mesmo assim, a Ford emplacou 28 unidades do esportivo em novembro, mais que o dobro do sedã.

Ford está investindo em SUVs

O sumiço do Fusion é uma espécie de crônica de uma morte anunciada (parafraseando o título da obra do escritor Gabriel García Márquez), embora ainda não oficializada. A estratégia mundial da Ford é de investir pesadamente no segmento de utilitários-esportivos. A marca já anunciou que deve lançar os SUVs Escape e Territory no Brasil no ano que vem. Ao mesmo tempo, com o fechamento da fábrica de São Bernardo do Campo, no Grande ABC, este ano, a empresa do oval azul deixou de oferecer no País o compacto Fiesta.

O Focus, que vinha da Argentina, também saiu de linha no Brasil, após o fim de produção no País vizinho.

Fusion ainda está no site da Ford

Embora tenha desaparecido das lojas, o Fusion ainda está presente no site comercial da Ford. O sedã aparece em três opções. Os preços partem de R$ 149.900, para a versão SEL 2.0 Ecoboost, com tração dianteira. A versão de topo, Titanium, aparece em duas possibilidades. Com motor 2.0 EcoBoost e tração integral, custa R$ 179.900. Já a Titanium Hybrid, com propulsão híbrida, sai por R$ 182.990.



Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais