Notícias

Pais gastam até 4 dias por ano para colocar crianças no carro

Pesquisa aponta que pais gastam 96 horas em média para entrar e sair do automóvel com a criançada

Diogo de Oliveira, special para o Estado

08 de set, 2020 · 3 minutos de leitura.

crianças
UMA DAS FUNÇÕES QUE AUMENTAM O TEMPO É FIXAR A CRIANÇA NA CADEIRINHA
Crédito:WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Entrar e sair do carro com as crianças (e seus brinquedos e acessórios) parece uma missão bem simples. Mas uma pesquisa encomendada pela Seat, marca espanhola do grupo Volkswagen, concluiu que a tarefa de embarcar e desembarcar os filhos do automóvel pode consumir até quatro dias por ano dos pais. A pesquisa foi feita com famílias na Alemanha, na Espanha e no Reino Unido.

Segundo o levantamento, os pais gastam 96 horas, em média, para colocar os filhos em seus veículos. Os entrevistados relataram que a maior parte do tempo é gasta para fazer com que as crianças coloquem sapatos e casacos. Na sequência vem colocar o cinto de segurança ou a fixação da cadeirinha. Aquela última passada no banheiro também consome minutos preciosos.

Outro dado interessante da pesquisa: os pais tendem a prolongar suas rotinas em 20 minutos para dar conta da missão de viajar com os pequenos. Entretanto, para 10% dos espanhóis e 6% dos alemães entrevistados, os acréscimos facilmente chegam aos 40 minutos.



Atrasos toda semana

Essa rotina com os filhos e carros atrasam os pais para o trabalho ao menos uma vez na semana. Essa é a conclusão do estudo na Espanha, onde mais da metade dos entrevistados admitiu que perde a hora semanalmente para chegar ao escritório. Já no Reino Unido, esse percentual foi de um terço, enquanto na Alemanha 23%.

A pesquisa feita pela montadora, claro, não foi ao acaso. A Seat fez um raio-x das famílias que são potenciais clientes do Tarraco, sua versão do Volkswagen Tiguan Allspace. O SUV de até sete lugares é atualmente um dos modelos mais importantes da gama de veículos da marca, justamente por oferecer comodidades que facilitam o dia a dia dos pais e filhos, como abertura elétrica da tampa traseira, interior com bancos modulares e um porta-malas com mais 700 litros.