Você está lendo...
Recarga de carros elétricos em movimento vira realidade nos EUA
Notícias

Recarga de carros elétricos em movimento vira realidade nos EUA

Primeira estrada de recarga sem fio para veículos elétricos dos Estados Unidos foi inaugurada em Detroit e tem extensão de 400 metros

Vagner Aquino, especial para o Estadão

02 de dez, 2023 · 3 minutos de leitura.

Publicidade

elétricos
Tecnologia pode permitir uso de baterias menores e mais leves nos veículos além de aumentar autonomia
Crédito:Electreon/Divulgação

O carregamento sem fio para telefones celulares já virou realidade há algum tempo. Nos carros elétricos, porém, o uso de fios e tomadas ainda se faz necessário. Mas isso já começou a mudar. Em Detroit (Estados Unidos) foi construída uma pista com recarga por indução. Localizada no bairro de Corktown, via tem apenas 402 metros de comprimento. Mas, após testes e aperfeiçoamento da tecnologia, a ideia é expandir a solução. Estima-se que isso aconteça a partir de 2024.



Apta a recarregar automóveis e modelos comerciais, a pista tem capacidade de alimentar as baterias de veículos equipados com receptores da Electreon. A empresa (que já instalou estradas de carregamento sem fio na Europa e no Oriente Médio) apoia o projeto por meio de parceria com o governo de Michigan. A Ford Transit, contudo, é o primeiro modelo a participar da ação.

Como funciona?

Há dois componentes necessários para que o carregamento sem fio funcione: um no solo e outro no veículo. As bobinas são colocadas sob o asfalto antes de serem conectadas a uma unidade de gerenciamento. Isso a Electreon chama de "cérebro" - que pode fornecer energia para a estrada.

Publicidade


elétricos
Pista com recarga wireless (Electreon/Divulgação)

Ademais, um receptor é conectado à parte inferior do veículo antes de ser conectado à sua bateria. Desse modo, quando o veículo passa por cima das bobinas, elas alimentam a unidade de bateria diretamente.

Os planos de um programa piloto para criar estradas de carregamento sem fio, a princípio, estão em andamento desde 2021. O objetivo é, por fim, minimizar a preocupação com a autonomia de veículos elétricos e com as filas nos postos de recarga.


Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião