Raro Renault dos anos 80 é vendido por R$ 460 mil

Hot hatch dos bons, Renault 5 Turbo 1983 rodou pouco mais de 50 mil km. E tem desempenho de gente grande: acelera de 0 a 100 km/h em apenas 7 segundos

Renault 5 Turbo 2 1983
Renault 5 Turbo 2 de 1983 foi arrematado por R$ 460 mil e está impecável Crédito: Bonhams

Entre os carros antigos de maior prestígio, não é tão comum encontrar modelos pequenos, como os citadinos, também chamados de city cars. Com o passar dos anos, porém, modelos dos anos 80 já começam a fazer 30 anos e, assim, entrar na categoria de antigos. E alguns exemplares podem ser bastante valorizados, como é o caso deste Renault 5 Turbo.

Vídeo da semana: Teste e todos os detalhes do novo Pajero Sport

Praticamente desconhecido dos brasileiros, o simpático Renault 5 foi produzido na França entre 1972 e 1984. Na Argentina, porém, ainda há um número razoável de unidades do carrinho rodando nas mãos de fãs cuidadosos.

Modesto em sua essência, o hatch teve uma versão esportiva turbinada, Renault 5 Turbo, lançada em 1978. Em 1983, ela foi sucedida pela Turbo 2. Enquanto o modelo convencional tinha motor e tração dianteira, as variantes turbo tinham motor central e tração traseira. O arranjo obrigou a montadora a alargar a lateral e traseira do carro, que ganhou uma espécie de suplemento a partir da coluna B, “engordando” os para-lamas do hatch.

Um exemplar pra lá de íntegro do hot hatch foi arrematado num leilão da Bonhams por 103.500 euros, cerca de R$ 460 mil.

Renault 5 Turbo 2 teve só 3 mil unidades produzidas

O invocado esportivinho é uma raridade. Foram produzidas apenas 3.200 unidades. O exemplar leiloado rodou apenas 51.681 km e está impecável, tanto por fora como por dentro. De acordo com um certificado emitido pela Renault Classic, ele foi fabricado em 29 de Novembro de 1983.

Depois de 20 anos nas mãos de dois proprietários em solo francês, o carro foi comprado por um conhecido colecionador do Reino Unido. Por isso, ele tem “dupla nacionalidade”, com documentos de registro na França e na Inglaterra. O manual do proprietário tem o registro de todas as revisões recebidas ao longo da vida.

LEIA TAMBÉM

Os números de desempenho impressionam. O motor 1.4 de 158 cv permitia uma aceleração de 0 a 100 km/h em 7 segundos. A velocidade máxima da versão de competição era ainda mais impressionante: 260 km/h. Não por acaso, o modelo teve uma carreira de sucesso em campeonatos e ralis.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas