Você está lendo...
Serviço: Mau hábito é principal inimigo da embreagem
Notícias

Serviço: Mau hábito é principal inimigo da embreagem

Belisa FrangioneO sistema de embreagem, composto por platô, disco e rolamento, não tem um plano de manutenção específico. Para não... leia mais

03 de jan, 2013 · 4 minutos de leitura.

 Serviço: Mau hábito é principal inimigo da embreagem


Belisa Frangione

O sistema de embreagem, composto por platô, disco e rolamento, não tem um plano de manutenção específico. Para não reduzir a vida útil do componente (que é de 60 mil a 90 mil km km), é importante evitar maus hábitos ao volante.


(Confira a fan page do Jornal do Carro no Facebook: https://www.facebook.com/JornaldoCarro)

?Práticas comuns, como dirigir apoiando o pé no pedal da embreagem e trancos na troca de marchas são prejudiciais e podem provocar desgaste prematuro das peças?, explica o analista técnico do Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi), Gerson Burin.

Outros dois problemas comuns na embreagem são a patinação e a trepidação. ?O primeiro ocorre por vazamento de fluidos como graxa e óleo nas peças. Já sentir o componente trepidar pode ser sinal de desalinhamento entre o motor e a transmissão?, afirma Cláudio Castro, membro da comissão da Sociedade dos Engenheiros da Mobilidade (SAE).


O professor do curso de engenharia automobilística da FEI, Edson Esteves, aconselha prestar atenção em ruídos e odores, já que eles podem significar que algo não vai bem.

?Vibrações no pedal, dificuldade em acioná-lo e cheiro de embreagem queimando pedem uma análise minuciosa. Faça manutenção preventiva pelo menos uma vez por ano.?

Os especialistas lembram que defeitos em uma peça do conjunto demandam a troca de todo o sistema. Esses problemas também podem afetar veículos com transmissão automatizada, mas devido a ausência do pedal de embreagem, são mais difíceis de notar.


Na Auto Mecânica Scopino (3955-2086), na zona norte, a troca do conjunto para um carro 1.0 com câmbio manual parte de R$ 300. Já para um veículo com transmissão automatizada, pode passar dos R$ 2.300.

Na Chevy (3875-7099), na zona oeste, a embreagem para veículos com câmbio manual e motorização a partir de 1.4 pode custar até R$ 1.000.

A embreagem do Hyundai Tucson 2.0 na Caoa (5053-3044), custa R$ 1.408,12. Para o VW Gol 1.6, na autorizada Amazon (3019-4056), na zona leste, o preço é de R$ 621,69.


A função da embreagem é a transferência da força do motor à caixa de câmbio, fazendo com que várias engrenagens sejam movimentadas e o veículo se locomova.

Deixe sua opinião