Emily Nery, special para o JC

09/09/2020 - 4 minutos de leitura.

Uber afirma que terá frota 100% elétrica até 2040

Plataforma investirá R$ 4,3 bilhões em programas de incentivo. Nos EUA, Canadá e Europa mudança na Uber acontecerá até 2030

uber
Objetivo da Uber é reduzir a emissão de poluentes da frota de automóveis que trabalha para a empresa Crédito: Mario Anzuoni/Reuters
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Meses após a divulgação do estudo que responsabilizava a Uber e a Lyft pelo aumento de 70% da poluição, a startup anunciou que todas as suas corridas serão em carros elétricos até 2040. Além disso, a companhia se comprometerá a pagar mais para motoristas que dirigem veículos com emissão zero.

Segundo a plataforma, o plano de disponibilizar modelos elétricos em sua frota deverá ser concluído até 2030 nos Estados Unidos, Canadá e Europa. Para a mesma data, a estratégia visa também tornar o ambiente corporativo da empresa sustentável e sem emissões de poluentes. Não houve detalhamento da ação.

O programa, chamado Uber Green, já está disponível em 15 cidades dos Estados Unidos e Canadá. Nele, é permitido que o usuário escolha viajar em um veículo elétrico ou híbrido por mais US$ 1 (R$ 5,30). Para estimular os motoristas a trocarem seus carros a combustão por um sustentável, a Uber promete investimento pesado. Serão mais de US$ 800 milhões (R$ 4,3 bilhões, em conversão direta) até 2025.



Na prática, o condutor de veículo híbrido ganha US$ 0,50 (R$ 2,65) a mais por corrida. Quem dirige um automóvel elétrico passa a receber o triplo, US$ 1,50 (R$ 7,95). O passageiro que usar o Uber Green receberá três vezes mais pontos no programa de fidelidade Uber Rewards.

Montadoras e locadoras serão parceiras da Uber

A companhia afirmou que está trabalhando conjuntamente com a GM nos EUA e Canadá. Na Europa, há parceria com as montadoras Renault e Nissan. Essas alianças procuram oferecer preços mais atraentes de modelos elétricos.

Outras parcerias incluem locadoras de veículos. Neste caso, estuda-se a forma para viabilizar o aluguel de carros sustentáveis, bem como empresas de estação de recarga para veículos elétricos.

A Uber informa que pretende expandir outros modos de mobilidade, como o uso de seus scooters e bicicletas. No Brasil, a modalidade já é oferecida pela Lime. Já o Uber Pool (aqui chamado de Uber Juntos), opção de viagens compartilhadas que foi paralisada por conta da covid-19, promete se expandir assim que voltar a ser um meio seguro.

O Uber Transit, recurso do aplicativo disponível desde o ano passado, traça rotas utilizando somente o transporte público. Em nota, a empresa afirma que será possível “combinar UberX com rotas a pé e conexões de ônibus, metrô ou trem”.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais