Você está lendo...
Usados baratos: veja 10 carros que são boas compras por até R$ 20 mil
Mercado

Usados baratos: veja 10 carros que são boas compras por até R$ 20 mil

Com preços acessíveis, carros usados nesta faixa de preço exigem árdua pesquisa e atenção redobrada com a mecânica antes de fechar o negócio

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

21 de fev, 2022 · 15 minutos de leitura.

usados
Chevrolet Celta pode ser encontrado por valores abaixo de R$ 20 mil até ano 2012
Crédito:Chevrolet/Divulgação

Números da Fenabrave apontam que as vendas de carros usados no Brasil foram quase seis vezes maiores que as de modelos 0-km em 2021. No total, foram 11,2 milhões contra 1,9 milhão de unidades no período. Conforme já apontado em outras reportagens do Jornal do Carro, isso acontece por causa de fatores como o aumento de preços e as longas filas de espera pelo carro novo - devido às paralisações nas fábricas por falta de chips.

Além desse tipo de problema, há também a clientela que não dispõe de recursos e/ou crédito para bancar o carro 0-km. Assim, vários brasileiros optam por modelos usados que "caibam no bolso". Por exemplo, os carros com cerca de 15 anos de uso e que custam aproximadamente R$ 20 mil. Mas como saber se um determinado modelo é uma boa compra?

Para ajudar nessa busca, recorremos à empresa de marketing DMA (Damato Marketing Automotivo), que separou dez carros usados que podem ser bons negócios. Salvo o VW Gol (e o Citroën C3, que voltará em breve), nenhum deles está em linha. Ainda assim, são opções interessantes para quem busca um veículo confiável e com manutenção acessível.


Cuidados

Mas antes de detalhar essa lista, vale alguns adendos. Além de não ter preguiça de garimpar, correr atrás de um carro usado - principalmente modelos mais antigos - exige cuidados extras.

usados
Valeria Gonçalvez/Estadão

Ao verificar o carro pessoalmente, jamais deixe de fazer test-drive e, caso não entenda de mecânica, procure ajuda de um profissional. "Devido à idade avançada, esse veículo (com média de 15 anos) pode apresentar problemas. Então, se possível, consulte um mecânico de confiança", recomenda Almir Nogueira, CEO e fundador da DMA. Outra dica é exigir um laudo recente, para evitar dores de cabeça com modelos que vão render despesas extras de manutenção.


Para Gustavo Braga, diretor de comunicação da Carupi, é crucial checar o histórico recente de manutenções. "Carros que custam R$ 20 mil com certeza têm centenas de milhares de km rodados. Nesse sentido, apenas a manutenção feita até hoje pode evidenciar se o veículo está em boas condições", pontua Braga.



Estrutura e sinistros

Na visão de Flavio Vasques, diretor da VC One, companhia com foco na experiência de compra e venda, o estado de conservação não deve ser esquecido. "A estrutura do veículo e a documentação são itens básicos. Como não tínhamos tanta tecnologia (na época do lançamento dos respectivos modelos), é importante avaliar se não se trata de um veículo de leilão, de PT (perda total) ou até de enchente. O mecânico precisa, portanto, avaliar motor e alinhamento (isso denuncia se o veículo já foi batido e se será necessário gastar com consertos e peças de reposição)", aponta.

usados
André Lessa/Estadão

Devido ao tempo de vida útil dos modelos, cabe pesquisar sobre reposição de peças e custos de manutenção. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), as montadoras devem assegurar a oferta de peças de reposição por um período razoável de tempo. Entretanto, certamente, esse período não será de 15 anos. Vale checar.

Por fim, na compra de um usado é fundamental avaliar os detalhes. Para Vinícius Melo, CEO da startup Papa Recall, veículos com mais de dez anos têm grande probabilidade de ter passado por reparos. Assim, é importante verificar se as numerações de motor e câmbio não sofreram adulterações. Isso pode indicar, por exemplo, se o automóvel foi roubado ou está usando peças provenientes de furto", aponta.

Confira alguns carros usados por menos de R$ 20 mil

Volkswagen Gol - 2010

Volkswagen/Divulgação

Por muitos e muitos anos o Volkswagen Gol foi o modelo mais vendido do País. Portanto, o que não falta é oferta em todas as faixas de preço. Na casa dos R$ 20 mil (ano 2010), não é diferente. O hatch é uma boa opção. Na lista, figuram modelos G4 e G5 por média de R$ 19 mil. Como vantagens, o Gol sempre foi bem visto pela facilidade de manutenção. O custo baixo de conserto é consenso. Motor 1.0 8V flex e câmbio manual de cinco marchas equipam as opções nessa faixa de preço.

Chevrolet Corsa Sedan - 2008

chevrolet
Chevrolet/Divulgação

Quem também fez sucesso e até carrega o título de um dos modelos mais vendidos da história nacional é o Chevrolet Corsa Sedan. O modelo - que mais tarde mudou de nome para Classic - foi feito aqui por mais de 20 anos. Com o mesmo corpinho do irmão Corsa, tinha como destaque o porta-malas de 390 litros. Nesse sentido, sempre foi opção barata para famílias maiores. Hoje, é encontrado por cerca de R$ 19 mil - ano 2008.


Sob o capô, o modelo é equipado com o 1.0 VHC flex e câmbio manual de 5 marchas. Já a lista de equipamentos tinha apenas ar-quente. Embora alguns tenham torcido o nariz para o facelift que a GM promoveu em 2010, o sedã ficou mais interessante e assim permaneceu até o fim de seus dias, em agosto de 2016 - após longevos 21 anos em linha.

JAC J3 - 2012

JAC/Divulgação

Um dos modelos mais novos dessa lista de usados - e único de origem chinesa - é o JAC J3. O compacto vendeu bem no início da última década por causa, sobretudo, da vasta oferta de itens de série. Para a época, tratava-se de um carro inovador, sem opcionais e com preço abaixo da média. Já trazia, por exemplo, airbags frontais e ABS antes da obrigatoriedade.


A desvalorização, no entanto, coloca o JAC J3 como opção de usado abaixo dos R$ 20 mil. Facilmente dá para encontrá-lo por cerca de R$ 18 mil - modelo 2012. Debaixo do capô, o hatch e o sedã carregam o motor 1.4 16V movido só a gasolina. Na lista, alarme, computador de bordo, ar-condicionado, freios ABS, trio elétrico e direção hidráulica.

Ford Ka - 2009

usados
Ford/Divulgação

Embora a Ford tenha decidido sair do Brasil, o Ka sempre teve um bom patamar de vendas. Em 2009, a segunda geração fez sucesso no País. Apesar de ter duas portas (configuração que os brasileiros, em geral, não curtem), as linhas modernas do Ka 2009 ainda o tornam um modelo atraente para a época. Hoje, custa média de R$ 19 mil para unidades de 2009. A mecânica tem motor 1.0 flex e câmbio manual de cinco marchas. Na lista, vidros e travas elétricas, alarme e desembaçador traseiro de fábrica.


Citroën C3 - 2007 a 2011

usados
Citroën/Divulgação

O Citroën C3 é mais um hatch que vendeu bem no Brasil. O modelo de entrada da marca francesa saiu de linha em 2021 e, agora, vai virar um mini-SUV na nova geração, que estreia em março no Brasil.

De volta aos usados, por pouco menos de R$ 20 mil é possível encontrar unidades do antigo Citroën C3 com motores 1.4 8V e 1.6 16V. Elas variam de desenho, afinal, entre 2007 e 2011 (anos dos modelos nessa faixa de preço) foi feito um facelift no hatch. A lista de equipamentos depende da versão de acabamento e do ano de fabricação, mas costuma ser completa.


Fiat Uno/Mille - 2011 a 2013

usados
Fiat/Divulgação

O Fiat Uno é mais um modelo na lista de usados que custam com preço em torno de R$ 20 mil. O popular tem unidades mais antigas e supervalorizadas - com bom histórico - e outras do Mille. A maioria é de modelos entre 2011 e 2013.

Aliás, se garimpar dá para achar até Uno da última geração, que foi aposentada em dezembro. Tem versão Vivace 1.0 ano 2011 por R$ 19 mil. Vale à pena, afinal, carro está tão caro que a última fornada - Uno Ciao - chega a custar mais de R$ 100 mil.


Chevrolet Celta - 2008 a 2012

Recall
Chevrolet/Divulgação

O Chevrolet Celta chegou no ano 2000 com a missão de ocupar o lugar do bem-sucedido Corsa como carro de entrada da GM no Brasil. Deu certo. Suas linhas bem resolvidas logo caíram nas graças dos brasileiros. O motor 1.0 aliado ao câmbio de 5 marchas, entretanto, apenas davam conta do recado. E é com essa configuração - já com facelift - que várias unidades do compacto são encontradas por preços que rondam os R$ 20 mil.

Quase todos, datados entre 2008 e 2012. Há até algumas unidades 2013, porém, mais raras por essa faixa de preço. Não espere lista recheada de série. Na maioria, apenas ar-quente e limpador/desembaçador traseiro. Nessa época, até apoio de cabeça traseiro era opcional.


Peugeot 206 - 2008

Peugeot/Divulgação

Em 2008, o Peugeot 206 dava lugar ao 207. Seu design moderno sempre foi destaque, o que tornou um dos principais pontos para o sucesso com o público local. Entre os usados, pode ser bom negócio. A versão 1.6 Allure (2008), por exemplo, tem motor 1.6 16V flex e custa, em média, R$ 18,5 mil. Tem versão bem equipada, com itens como ar-condicionado, computador de bordo, trio elétrico e volante com regulagem de altura.

Fiat Palio - 1997 a 2012

Fiat Palio 16V
Fiat/Divulgação

O Fiat Palio fez enorme sucesso no País. Lançado em 1996, ficou 22 anos em linha. Com isso, assim como o Gol, tem bastante oferta no mercado de usados. Embora todas as unidades disponíveis sejam da mesma geração (a primeira), a faixa entre R$ 17 mil e R$ 20 mil tem versões com quatro diferentes linhas, que vão do primeiro desenho (com faróis retangulares, como na foto acima) até o Fire. Os modelos vão de 1997 a 2012. A motorização se divide em 1.0, 1.4 e 1.6. E têm configurações com computador de bordo e volante com regulagem de altura.

Fiat Siena - 2003 a 2012

usados
Fiat/Divulgação

À exemplo do Palio, o sedã Siena vendeu muito bem. Teve uma segunda geração, rebatizada de Grand Siena (que saiu de linha em 2021), mas ao preço aproximado de R$ 20 mil, apenas os modelos entre 2003 e 2012 são encontrados. Lojas e vendedores particulares pedem R$ 18 mil em média pelo modelo, que se destaca pelo porta-malas de 500 litros.


Primeiro carro nacional com versão TetraFuel no portfólio, o Siena tinha versões com motores 1.0 (65 cv), 1.3 (71 cv) e 1.4 (80 cv), todos flex. O 1.8 (103 cv) também foi ofertado à época, mas não aparece no mercado de usados nesta faixa de preço de até R$ 20 mil.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Ford Bronco Sport
Oferta exclusiva

Ford Bronco Sport

Deixe sua opinião